08/03/19 | 17:18
Exposição e musical fazem parte de programação de combate ao bullying em escola municipal

Professores e alunos da Escola Municipal José Tavares de Macedo, no bairro Santa Luzia, zona Sul de Manaus, realizaram nesta sexta-feira, 8, o programa educativo de prevenção e Combate ao Bullying Escolar. A ação envolveu 382 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, da unidade de ensino.

O evento fez parte do encerramento da semana municipal de combate ao bullying escolar celebrada anualmente. Neste ano, aconteceu no período de 1° a 8 de março, em cumprimento da Lei Nº 2104, de 06 de abril de 2016, que institui março como o mês de prevenção e combate ao bullying escolar no calendário oficial da cidade de Manaus.

A programação contou com a exposição do vídeo sobre “Oito tipos de Bullying que devem ser evitados”, o musical “Bullying Sai Pra Lá” com os alunos do 5ª ano do Ensino Fundamental e a Brincadeira do Curto e Não Curtos (Like e Dislike) contribuindo para o processo de informação, reflexão e desenvolvimento de ações envolvendo a comunidade, os pais, professores e outros profissionais que atuam nas áreas da educação, visando o diagnóstico e a prevenção desse problema no meio escolar.

Os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental participaram de atividades de sensibilização contra o Bullying, organizadas pela Psicóloga Helen Lins e a Psicopedagoga Letícia Yainai, do Centro Municipal de Atendimento Sociopsicopedgógico (Cemasp) Polo Sul.

Entende-se como bullying escolar todo ato de violência física ou psicológica, intencional e recorrente, praticado por indivíduo ou grupo contra uma ou mais pessoas no ambiente escolar, com o intuito de intimidá-la, agredi-la ou discriminá-la, caracterizando um processo de vitimização em uma relação desigual de poder entre as partes.

“Promover no âmbito escolar, o combate sobre o problema do bullying nas escolas, contribui para um processo de informação, reflexão, levando-nos a desenvolver ações eficazes para sensibilizar a comunidade escolar, os pais, professores e outros profissionais da educação, para a prevenção e proteção da  criança e do adolescente em relação à problema no meio escolar”, ressaltou a diretora da escola, Valéria Sodré.

Segundo a agente de Saúde Escolar, Ana Séfora Merlo, a escola trabalha durante todo o ano Letivo todas as temáticas previstas no Calendário de Ações e Prevenção estabelecidas pela legislação vigente ou pela rede municipal de ensino. Ela destacou, ainda, que os professores e toda a equipe escolar procuram desenvolver práticas de atividades extracurriculares fazendo com que os estudantes ocupem-se de forma saudável, evitando assim, a violência no ambiente escolar.

“Buscamos trabalhar todos os conteúdos previstos no Calendário de Ações e Prevenção estabelecidas por Lei ou não, de acordo com o Programa Municipal Saúde do Escolar”, explicou.

A aluna do 3º Ano, Rayssa Raquel Freitas Souza, citou que Bullying é algo sério e que deve ser combatido todos os dias, na escola, em casa e na sociedade em geral.

“Dizer não ao Bullying é uma prova de amizade”, completou a estudante.

 

Texto: Jéssica Salomão

Fotos: Divulgação/ Escola

 

 

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054