15/12/16 | 13:55
Estudantes do Projovem Urbano concluem Ensino Fundamental

15-12-16-Certificação dos alunos do PROJOVEM. Fotos Cleomir Santos.Semed (2)A edição 2014 do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano) certificou 400 alunos, na noite desta quarta-feira, 14, por terem concluído o Ensino Fundamental. A cerimônia, realizada no Clube Municipal de Manaus, na Avenida Torquato Tapajós, contou também com a presença de amigos, familiares e educadores da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O programa tem como proposta elevar a escolaridade de jovens de 18 a 29 anos que não tenham concluído o Ensino Fundamental, mas que saibam ler e escrever, oferecendo o ensino regular a pessoas que pararam de estudar por algum motivo, em um determinado momento de suas vidas.

Segundo a subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Trajano, o projeto possibilita a reinserção de jovens na sociedade. “O Projovem é um programa que trata de uma questão essencial, que é o acolhimento de jovens que muitas vezes eram excluídos da sociedade. Esse é um programa muito especial, porque além de oportunizar a continuidade do ensino, promove a cidadania”, disse.

15-12-16-Certificação dos alunos do PROJOVEM. Fotos Cleomir Santos.Semed (6)A edição de 2014 foi realizada nas escolas municipais Firme na Fé, Eliana Lúcia, Themistocles Gadelha, Leonor Uchôa, Jornalista Sabá Raposo e Graziela Ribeiro, contanto com aproximadamente 1 mil alunos e 57 educadores, no período de abril de 2015 a setembro de 2016. Desse total, 600 concluíram o curso.

De acordo com a coordenadora do Projovem Urbano, Magna Collyer, o programa é divido em três pilares: o oferecimento do ensino fundamental, qualificação profissional e formação cidadã.  “Durante os 18 meses, os alunos tiveram qualificação profissional na área de alimentação, a participação cidadã em diversas atividades e a possibilidade de concluir o ensino fundamental”, explicou.

Determinação

Grande parte dos jovens que participaram da formação pararam de estudar ainda na adolescência, mas quando voltaram, perceberam que a educação faz a diferença a vida nas pessoas. Prova disso, é a formanda Lourdes Costa, 29, que havia parado de estudar com 16 anos e, neste ano, está na lista dos 50 alunos do Projovem que conseguiram passar no Instituto Federal do Amazonas (Ifam), para cursar o Ensino Médio.

15-12-16-Certificação dos alunos do PROJOVEM. Fotos Cleomir Santos.Semed (7)Para a estudante, o Projovem melhorou sua vida. “O programa foi importante na minha vida, não só porque me possibilitou a conclusão do Ensino Fundamental, mas também porque por meio dele pude perceber que posso ir mais longe por meio do estudo e que posso conquistar meus objetivos”, declarou.

Para o formando Alexandro da Silva Lopes, que também tinha abandonado os estudos na adolescência, o sonho agora é concluir o Ensino Médio e, em seguida, começar o curso superior almejado. “Engenharia civil é o meu sonho”, confidenciou.

O programa é executado desde 2005 na rede municipal de ensino a partir de uma ação integrada entre o Ministério da Educação (MEC), por intermédio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade, e Inclusão (Secadi) e a Prefeitura de Manaus, por meio da Semed.

 

 

Fotos: Cleomir Santos / Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054