30/09/16 | 15:19
Estudantes do Ensino Fundamental conhecem estrutura do Poder Judiciário

O presidente da Corte Estadual, desembargador Flávio Pascarelli, recebeu os alunos no Plenário do TJAM.


 

Um dia de aprendizado diferenciado. Assim foi a manhã desta quinta-feira (29) para 15 estudantes, com idade entre 7 e 10 anos, matriculados entre o 1º e 5º anos do Ensino Fundamental da Escola Municipal Pintor Leonardo Da Vinci, localizada no bairro Nova Esperança, zona Oeste de Manaus. As crianças conheceram a estrutura do Poder Judiciário ao visitar a sede da Corte Estadual e foram recepcionadas pelo presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Flávio Pascarelli.

Os estudantes estiveram na sede do Tribunal para participar da II Feira de Produtos Orgânicos, Naturais, Medicinais e Artesanais, com foco da sustentabilidade, promovida pela instituição. Eles foram convidados por integrarem o projeto Afra: Plantando Árvores para um Futuro mais Verde. O que eles não esperavam era que, além da participação na feira, teriam uma aula sobre Direito e Cidadania, participariam de uma “sessão” simbólica do pleno, fariam perguntas ao presidente da Corte Estadual e se pronunciariam no plenário ao ocupar os assentos exclusivos destinados aos desembargadores.

Todas essas atividades foram realizadas na manhã desta quinta-feira (29), na sede do TJAM, localizada no edifício Desembargador Arnoldo Péres, localizada na avenida André Araújo, s/nº, Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus e encheram os olhos dos pequenos.

Para uma das professoras da e que acompanhou os estudantes na atividade extraclasse, Iêda Maria Rocha Bernardes, o momento marcará a vida dos docentes e alunos. “Foi um momento espontâneo e que surpreendeu a todos. Nós, professores, ficamos agradecidos pela acolhida e por demonstrar a valorização da Educação. Bom seria se a sociedade e as demais organizações públicas buscassem conhecer os projetos desenvolvidos pelas instituições de ensino. Esta integração, acredito, é benéfica à sociedade”, disse.

Ao conversar com os estudantes, o presidente do TJAM, desembargador Flávio Pascarelli expôs, em linguagem acessível às crianças, a estrutura de funcionamento da Corte Estadual, evidenciando suas atribuições, missão e compromissos. O desembargador falou também sobre Direito, Cidadania e destacou o papel social de instituições jurídicas como os Tribunais de Justiça, Defensorias Públicas, Ministérios Públicos e outros.

Para o presidente do TJAM, o momento foi igualmente engrandecedor. “Imagino que o encontro foi marcante para cada criança, entretanto, acrescento que é muito gratificante colaborar com o trabalho dos professores e dar nossa contribuição para a cidadania, formação e desenvolvimento destes alunos. Em nome dos demais representantes da Corte Estadual, expresso meu entusiasmo em recepcionar a comunidade escolar e ressalto que as portas do Judiciário estarão sempre abertas”, afirmou o desembargador Flávio Pacarelli.

Conforme a professora Iêda Bernardes, ao voltarem para a escola, os estudantes relataram o entusiasmo proporcionado pela experiência e algumas, inclusive, sinalizaram com o desejo de já seguir carreira no segmento do Direito.

Experiência

Ariel Matheus de Araújo, 8, aluno do 3º ano do Ensino Fundamental foi um dos estudantes que visitou o Tribunal. Ao ocupar o assento de um dos desembargadores no plenário do TJAM, ele se reportou ao presidente Flávio Pascarelli questionando: ‘Como os senhores chegam a conclusão de que uma pessoa é culpada durante um julgamento e deve ser presa?’. “Ele me respondeu que é a partir da análise das provas. Eu tinha essa dúvida e ele foi muito claro em sua resposta”, disse o aluno, que já pretende seguir carreira jurídica e considerou a experiência “surpreendente”, conforme suas palavras.

Texto: Afonso Júnior/TJAM

Divulgação – Tribunal de Justiçado Amazonas (TJAM)

Você pode ver a matéria com fotos no site do TJAM, pelo link: goo.gl/zmkl2C

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054