01/03/19 | 16:13
Estagiários do Programa de Gestão da Alfabetização têm primeiro encontro formativo de 2019

Aproximadamente 200 estudantes de pedagogia, que fazem parte do Programa de Gestão da Alfabetização (PGA), participaram do 1º encontro realizado, em 2019, para discutir ações e receber orientações gerais. A atividade ocorreu no auditório da reitoria da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), localizada Avenida Djalma Batista, na zona Centro-Sul de Manaus.

A professora-doutora em Alfabetização/Educação, pós-doutoranda em Psicologia da Educação e que possui pesquisas no campo da Alfabetização e Metalinguagem, Suely Amaral, foi a responsável por coordenar a formação.

Os universitários que atuam no programa foram contratados no segundo semestre de 2018 e atuam desde então nas 76 escolas que participam do PGA, alcançando quase 12 mil estudantes da rede municipal.

A expectativa é que no decorrer do ano, esses estudantes, contratados como estagiários na Secretaria Municipal de Educação (Semed), participem de outras quatro formações, como explicou assessor da Divisão de Ensino Fundamental (DEF), Francinaldo Mendes. “Esse é o primeiro encontro do ano, onde a professora Suely Amaral está trabalhando com eles a identificação dessas crianças, como fazê-las avançar, como realizar o planejamento diário para poder dar a melhor atenção possível para as crianças com maiores dificuldades”.

E mesmo funcionando desde o final de 2018, os resultados já podem ser sentidos no desenvolvimento dos alunos. Dependendo do grau de desempenho do estudante, ele pode ser encaixado em um dos quatro níveis, sendo os dois primeiros pertencentes aos grupos com maior dificuldade de aprendizagem. Na Semed, os responsáveis pelos níveis 3 e 4 já notaram que o número de crianças que se encaixam nesses padrões aumentou.

Nas unidades de ensino, os estagiários são monitorados por professores que orientam nas diversas atividades exercidas. Para a professora Suely Amaral, com vasta experiência em alfabetização, além de ser importante para as crianças esse trabalho, prepara profissionais melhores.

“Esses profissionais tendem a ser melhores porque além de estarem vivenciando as experiências que as crianças trazem, eles estão sob a tutela de toda a escola, porque o professor avalia o planejamento, a execução da atividade e se foi boa ou não. O nosso resultado ano passado foi muito positivo. No pouco tempo de projeto, já tivemos bons resultados”.

O estudante do 8º período de Pedagogia, Everaldo de Souza, concorda com a palestrante. Estando desde o final de 2018 na Escola Municipal João dos Santos Braga, localizada no Zumbi, ele considera que o PGA proporciona aos acadêmicos a oportunidade de estar em sala de aula.

“A iniciativa do PGA é muito válida para os acadêmicos porque proporciona a oportunidade de estar em sala de aula, vivenciar a realidade dos alunos, promover todo nosso conhecimento que adquirimos na academia e passar para os estudantes em parceria com o professor regente em sala de aula. A intenção é promover essa questão da leitura que é o fator primordial do projeto”.

 

Programa de Alfabetização

O Programa de Alfabetização da Semed trabalha para atingir a meta número 5 do Plano Municipal de Educação, que determina até 2024 todas as crianças sejam alfabetizadas ao final do 3º ano do Ensino Fundamental.

Para isso, serão realizadas três avaliações, sendo uma no início do ano letivo, outra na metade e a última no final do ano, que vão diagnosticar o nível de desenvolvimento do aluno.

De acordo com as metas apresentadas pela secretaria, a ideia é chegar em 2021 com 100% dos alunos da rede alfabetizados e, para alcançar esses resultados, serão utilizadas ferramentas como a Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE), Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA).

O Programa de Alfabetização conta com recursos oriundos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), sendo uma das ações do componente 2 das diretrizes do Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem).

 

Texto: Alexandre Abreu

Fotos: Paulo Rogério Veiga/ Semed

 

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054