20/04/12 | 14:21
Espaço Wifi nas Escolas do Município

Agora ficou muito mais fácil aprender a utilizar o computador e suas ferramentas nas escolas da rede municipal. Este sonho tão distante agora virou realidade graças ao trabalho e empenho do Secretário Municipal de Educação, Mauro Lippi, em parceria com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MICT) visando à implantação dos Telecentros em 219 escolas de Manaus.

Quem tiver um smartphone, tablete ou notebook poderá acessar a internet, navegar nas redes sociais, participar de jogos educativos, ler os e-mails, só precisa se cadastrar em uma das escolas beneficiadas e participar das atividades oferecidas pelo Telecentro totalmente de graça.

Na tarde desta quinta-feira (19), a Escola Municipal Santa Rita de Cássia, localizada na comunidade Riacho Doce I, foi mais uma escola contemplada com a entrega deste ambiente totalmente digital. As escolas selecionadas são todas equipadas com 11 computadores, 01 impressora, 01 monitor e 01 data show. As atividades oferecidas serão destinadas aos 410 alunos, pais e comunitários que queiram participar das ações dentro do ambiente escolar. Os alunos sem dúvidas serão os maiores beneficiados com a implantação dos Telecentros porque poderão pesquisar os trabalhos solicitados pelos professores e não precisarão mais gastar dinheiro indo até as lan houses.

A escola desenvolve vários projetos como Aprende Brasil, Mais Educação, Matemática Viva, Viajando na Leitura e agora o Telecentro. Quem está feliz com o projeto é a gestora Simone Malveira que está à frente da direção há oito meses. “O Telecentro é mais uma das inúmeras ações da Prefeitura e da Semed que agracia a nossa escola e a comunidade do Riacho Doce I. Ele irá aproximar ainda mais a comunidade da escola fortalecendo esta parceria oferecendo cursos, oficinas, ou seja, preparando para o mercado de trabalho. Professores e alunos terão mais um instrumento de ensino e aprendizagem. Com toda certeza o Telecentro é um grande presente para todos nós”, afirma Malveira.

Para a professora Rafaela Bastos, o Telecentro irá propiciar uma maior integração do aluno com essa ferramenta bastante utilizada no cotidiano escolar, o computador. “Muitos terão acesso à internet utilizando o laboratório de maneira que facilite seu aprendizado como um todo. As ações serão bem mais interativas porque recentemente recebemos o projeto Aprende Brasil nos quais alunos e professores deverão utilizar os laboratórios para fazer os exercícios escolares. Desta forma as aulas serão ainda mais atrativas e dinâmicas. Depois que divulgamos o Telecentro muitos pais estão ansiosos para se cadastrar e aproveitar o máximo do ambiente digital oferecido a eles de forma gratuita”, comentou.

A escola atenderá os alunos no mesmo turno em que estão matriculados e a comunidade vai usar após as aulas. Segue dessa forma: 7h às 10h (alunos) e 10h às 11h (comunitários); à tarde das 13h às 16h (alunos) e das 16h às 17h (comunidade). Os conteúdos serão ministrados com duração de 1hora/aula.

O titular da pasta, Dr. Mauro Lippi, vê com bons olhos a entrega dos espaços digitais à comunidade escolar. “É com muito orgulho que estamos perseguindo o diferencial. Temos uma equipe de professores e diretores engajados nesta luta em prol de uma educação de qualidade. Não mediremos esforços para oferecer as devidas condições aos filhos de vocês. Todos os envolvidos neste processo poderão fazer os cursos oferecidos pela Semed. O Telecentro tem essa missão de levar o conhecimento até aos alunos. Aqui eles irão aprender mais rápido, e terão o acompanhamento pedagógico escolar. Estendemos o convite também aos pais e comunitários que venham até a escola e acompanhem a educação dos seus filhos. Isso é uma oportunidade única e que não deve passar despercebido. São mais de 506 escolas e a comunidade foi agraciada com este projeto ousado e inovador. Mas para que tenhamos bons resultados existem pessoas comprometidas que estão, de fato, preocupados com a educação dos alunos, os professores. Demos um grande salto, mas sem a ajuda deles seria impossível. Somos gratos a esses guerreiros da educação que estão trabalhando, mesmo com todas as dificuldades, em prol de uma educação de qualidade tão almejada por todos. Devagar, devagar nós iremos chegar aonde queremos!”, enfatizou Lippi.

Em seguida foi a vez da 60ª unidade a ser entregue na Escola Municipal Djalma Passos, localizada na comunidade do Campo Dourado. Mais de 310 alunos terão à disposição os serviços do Telecentro.

O evento contou com a presença da Chefe da Divisão IV, Karina Pirangy, gestores, assessores, professores , pais de alunos e do Secretário de Educação do Município, Dr. Mauro Lippi.

Os alunos estão ansiosos para começar a utilizar este espaço tecnológico. “Estamos realizando o planejamento das ações para o mês de maio, e esperamos atender às expectativas dos pais, alunos e professores. Vejo que a Semed deu um grande passo tecnológico em relação à implantação desses ambientes digitais que irão oferecer um aprendizado de qualidade às crianças”, enfatizou a professora Francilene Pereira.

As alunas Milena Zila (9), Rayana Félix (9), Naylane Araújo (9) e Evelyn Monteiro (9) ficaram contentes com o novo laboratório. Elas foram unânimes em dizer que o espaço vai ajudar bastante na sua formação. “Aqui nós vamos aprender a ler, entrar na internet, jogar online e falar até inglês”, comentou a aluna Milena Zila do 4º ano C.