28/03/12 | 18:27
Espaço informatizado em prol da educação.

Depois de um mês visitando escolas e realizando a entrega de unidades tecnológicas às escolas do município, o Secretário Mauro Lippi chegou ao bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste de Manaus, para entregar aos pais, alunos e comunitários, a 51ª unidade do Projeto Telecentro. A grande beneficiada foi a Escola Municipal Nossa Senhora das Graças que atenderá inicialmente cerca de 750 alunos do 1º ao 9º, e os mesmos poderão participar de oficinas, pesquisas, cursos à distância e, ainda, navegar pelas redes sociais de forma totalmente gratuita.

“Esse espaço só veio para contribuir na formação dos alunos e comunidade em geral. É um grande sonho que está sendo realizado graças ao empenho e trabalho do senhor secretário Mauro Lippi. Estamos contentes com a entrega do polo aqui na Colônia Antônio Aleixo, pois achávamos que não seríamos contemplados com o Telecentro devido à distância. Vivemos outra realidade em relação às demais escolas do município, porque é um bairro distante e carente que precisa de investimentos do poder público. Com a entrega deste Telecentro iremos diminuir as barreiras existentes em relação ao uso das tecnologias que fazem parte do aprendizado do aluno moderno. Agora elas poderão ter acesso às redes sociais, ler jornais, livros, participar de jogos pedagógicos pelo computador tendo uma visão de mundo e com isso procurar uma melhor qualificação para o mercado de trabalho. Posso dizer com toda certeza que a escola tem a melhor equipe de professores da região porque eles realizam um bom trabalho pedagógico efetivo na comunidade escolar. Nossa meta é deixar a escola entre as 50 melhores da capital”, frisou o gestor Francisco Bindá, que trabalha na mesma escola há mais de 17 anos.

“Com a implantação deste novo sistema não será mais necessário os filhos de vocês se deslocarem até as lan houses para realizarem os trabalhos escolares. Mesmo porque agora eles terão todo um acompanhamento pedagógico e, ainda, os pais de vocês poderão usufruir deste espaço sem custo nenhum. O que queremos é a participação efetiva da família dentro do ambiente escolar e a realização de um aprendizado coletivo”, afirmou o Secretário Municipal de Educação, Mauro Lippi.

As atividades para este polo estão previstas para iniciarem na próxima semana. Todos os alunos serão incluídos nas atividades previstas para o Telecentro.

“Os alunos terão um contato direto com o computador, e muitos deles ainda temiam esta ferramenta tecnológica que faz parte da educação do homem moderno. Com a implantação do Telecentro iremos diminuir as desigualdades e quebrar os estereótipos que até então existiam. O bom de tudo isso é saber que eles não vão pagar nada para realizarem suas pesquisas e, também, estenderão o convite aos pais trazendo-os para dentro do ambiente escolar”, comentou o professor Alderlan Moreira, coordenador do Telecentro.

“Eu estudo nessa escola há 4 anos e agora me sinto muito feliz. Com a vinda deste projeto iremos dar um grande salto no aprendizado. Para nós, que antes não tínhamos nada, é uma evolução. Não precisaremos mais nos deslocar até uma outra área e nem gastar dinheiro para imprimir os trabalhos solicitados pelos professores. Não conhecia bem o projeto, mas depois de hoje vou chamar minha mãe para participar das atividades e cursos utilizando a internet”, comentou a aluna do 9º A, Heloíse Miranda.