09/01/15 | 14:11
Escolas municipais da zona rural iniciam ano letivo na próxima segunda-feira

Mais de 2,2 mil alunos de 29 escolas municipais localizadas no Rio Negro, na zona rural de Manaus, iniciarão o ano letivo de 2015, na próxima segunda-feira, 12, e serão encerradas em outubro. O calendário nesta região é diferenciado por conta da cheia e vazante dos rios amazônicos.

A chefe da Divisão Distrital Zonal Rural (DDZ 7), Edilene Pinheiro, explicou que a mudança ocorre para que os estudantes não sejam prejudicados com a perda de conteúdos e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) ofereça a grade curricular completa para os alunos.

“Nós iniciamos o calendário na segunda e ele se estenderá até o final de outubro, lá pelo dia 20. Existe um aspecto geográfico bastante característico aqui na Região Amazônica, que é a enchente e a vazante. Até o final de outubro o calendário tem que estar fechado porque depois fica impossível para as lanchas buscarem os alunos, uma vez que a vazante está avançada”, explicou.

As unidades de ensino que começam o ano letivo na próxima semana são escolas de ensino regular, de salas multisseriadas – onde os alunos estudam mais de uma série no mesmo ano – e a educação itinerante – que o aprendizado é dividido em módulos semestrais.

“A educação itinerante é ofertada somente para escolas da zona rural. Nela, os conteúdos são divididos a cada seis meses. Por exemplo, no primeiro semestre os alunos aprendem: português, ciências e história. No segundo semestre, matemática e geografia. Fazemos isso para facilitar o aprendizado e o deslocamento dos professore até os locais das aulas e também pelo número de alunos. Muitas vezes temos quatro alunos de 6º ano, dois de 7º ano. Aí unimos os alunos de escolas próximas e fazemos uma turma em uma escola polo”, disse.

Preparação

Com o foco de repassar as diretrizes de trabalhos nos quesitos pedagógicos, administrativos e de infraestrutura que irão ditar as ações das escolas do Rio Negro, a Divisão Distrital Zonal Rural (DDZ 7) reuniu na última terça-feira, 6, cerca de 300 profissionais da educação na Jornada Pedagógica de 2015.

“Esse evento foi uma prévia para o início do ano letivo, onde passamos toda a orientação para o professor iniciar as atividades em sala de aula. Participaram assessores pedagógicos, assessores administrativos e assessores de infraestrutura. Foram repassadas informações e orientações para garantir que realmente o professor e a gestão da escola efetivem o seu trabalho sem grandes transtornos. Foram tratados aspectos da legislação, a parte instrumental que é o planejamento, plano anual, as avaliações, toda a parte que dá suporte ao professor no inicio do ano”, afirmou Edilene Pinheiro.

Texto: Thiago Botelho

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054 / 98842-1188