01/04/14 | 15:42
Escolas municipais celebram escritores amazonenses durante Semana da Literatura

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) deu início, na manhã desta terça-feira, 01, às atividades da Semana de Literatura Amazonense nas escolas da rede pública de ensino de Manaus. Este ano, o escritor Celdo Braga será homenageado durante a semana. A abertura oficial foi realizada na Escola Municipal Joaquim Gonzaga Pinheiro, no bairro Vila da Prata, zona Oeste. Outras unidades da rede promoveram a abertura da semana simultaneamente.

Na Escola Joaquim Gonzaga Pinheiro, os poemas, músicas e biografia de Celdo Braga foram apresentados. Cada turma trabalhou uma obra do escritor amazonense. A aluna Amanda Luisa Medeiros, 10, do 4º ano, conta que estudou as músicas de Celdo Braga e explica o que aprendeu.”Aprendi que não podemos jogar lixo nos rios e que temos a obrigação de preservar as florestas. Se não tiver árvores não vamos conseguir respirar”, falou.

‘Conversando com a Escritora’

Durante as atividades na Escola Municipal Joaquim Gonzaga Pinheiro, foi realizado o evento ‘Conversando com a Escritora’. Na ocasião, os alunos conheceram Creuza e Adriana Barbosa, autoras do livro infantil Fábulas Amazônicas. Em um bate-papo descontraído foi revelado como surgiram as histórias que compõem a obra. Mãe e filha, Creuza e Adriana são educadoras e o livro que elas escreveram foi publicado em dezembro de 2013.

“São 20 histórias que têm como pano de fundo o universo amazônico. Como somos educadoras de formação, escrevemos esse livro que de forma lúdica e prazerosa para ensinar os alunos a admirarem e preservarem a Amazônia. É muito gratificante saber que nosso livro foi bem aceito pela comunidade escolar. Ele foi feito pensando nos alunos”, disse Creuza.

As novas escritoras conheceram sua primeira fã. A aluna Ana Luiza Tinôco, 9, do 4º ano, disse que conheceu o livro durante a preparação para a Semana e se apaixonou pelas histórias. Ela encenou a peça ‘A Floresta e a motosserra’, primeira história contada no livro.”Eu gosto muito de ler e me apaixonei pelas histórias desse livro. Fiquei mais feliz quando soube que as escritoras vinham aqui na escola”, disse.

Outras escolas

O evento está acontecendo simultaneamente em todas as unidades de ensino da prefeitura. No Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Professor Paulinho de Brito, no bairro Flores, zona Centro-Sul, 160 alunos participaram da homenagem feita à escritora Ana Peixoto. As obras infantis da autora foram contadas por meio de peças teatrais e dança. O prédio foi ornamentado para dar um clima amazônico ao local. Foram espalhados animais de pelúcia, árvores artificiais e frutas em alusão ao livro ‘As frutas do meu quintal’.

“Estou realmente muito feliz com essa homenagem. Foi um presente de aniversário, já que completei mais um ano de vida ontem. O sentimento é que por meio das minhas obras, posso ajudar a despertar o interesse das crianças pela nossa região. Elas embarcam nas minhas histórias e aprendem a melhorar o mundo”, disse Ana Peixoto.

Texto: Thiago Botelho

Fotos: Cleomir Santos

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 3632-2054