19/09/13 | 15:34
Escolas da zona Leste participam da 1ª Feira Municipal de Ciências Naturais

Setenta e três escolas municipais da Divisão Distrital da Zona Leste I (DDZ I)  da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participaram, ontem, 18, da 1ª Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental. Com o tema ‘Que planeta eu quero para o meu futuro? Crescendo e aprendendo a ser sustentável’, o evento foi realizado na Escola Municipal Honorina de Azevedo Vasconcelos, bairro São José II, zona Leste da cidade.

As escolas municipais localizadas na zona Leste I realizaram uma seleção interna dos projetos desenvolvidos pela comunidade escolar e educadores. Apenas um projeto por escola participou da 1ª Feira Municipal de Ciências Naturais da DDZ Leste I. O coordenador do evento, o assessor de ciências da DDZ Leste I, professor Marcos Simas, diz que os trabalhos realizados nas escolas foram os mais variados possíveis sob a orientação dos educadores.

“Por meio da feira as crianças colocarão em prática os conhecimentos aprendidos na escola. Esse conhecimento, por sua vez, não pode se restringir ao aspecto teórico, porém, aqui tem vários momentos que estão fazendo o processo de experimentação, ou seja, fazer o uso social de tudo aquilo que aprenderam na feira. Além dos alunos exporem os trabalhos de sua escola, eles têm a oportunidade de conhecer trabalhos de outras escolas. Os trabalhos seguem as mais variadas temáticas”, disse.

O objetivo da feira foi proporcionar a observação, o questionamento, a formulação de hipóteses e experimentos de acordo com os conteúdos de Ciências Naturais, Educação Ambiental e Tecnologias.

Uma comissão julgadora da DDZ Leste I, formado por cinco educadores, avaliaram oito projetos, conforme os seguintes seguimentos: Educação Infantil, Educação Especial, 1º ao 5º ano, 6º ao 9º ano, Programa de Aceleração de Aprendizagem (PAA), Educação de Jovens e Adultos (EJA) 1º e 2º seguimento e Educação Indígena.

“Fica um aprendizado para os alunos e, também, para a comunidade onde há grande relevância social desses trabalhos, enquanto Feira de Ciências. O conhecimento teórico com a prática incentiva a pesquisa, tornando esses alunos possíveis futuros pesquisadores na área de ciência, mas principalmente com relevância ao meio ambiente”, comentou.

A 1ª Feira Municipal de Ciências Naturais, Tecnologia e Educação Ambiental, contou com a presença do Secretário da Semed, Pauderney Avelino, que fez questão de percorrer todos os estandes da feira para acompanhar de perto o trabalho feito por alunos e professores.