29/05/19 | 17:53
Escolas da DDZ Centro-Sul promovem dia ‘D’ Scratch Day

Até o dia 5 de julho cinco escolas da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Centro-Sul, da Secretaria Municipal de Educação (Semed)  irão promover o dia “D” Scratch Day, que se trata de  um evento  promovido para repassar   conhecimentos básicos de linguagem de programação e robótica a estudantes. A atividade vai envolver mais de 100 alunos do 1° ao 5º ano do ensino fundamental e será realizada conforme a programação de cada unidade de ensino.

As escolas envolvidas na ação são: Jarlece Zaranza, localizada no bairro Amazonino Mendes, zona Leste,  Raimundo Teodoro Botinelly Assumpção, no Riacho Doce, na zona Norte, Escritor Érico Verissimo, situada no Bairro Novo Aleixo, zona Norte, João Queiroz, centralizada no Bairro Cidade Nova, zona Norte e Antônia Alexandrina, localizada também no bairro Cidade Nova.

O Scratch Day é um evento global que tem a finalidade de celebrar o Scratch (Linguagem de Programação Visual) e reúne pessoas ao redor do mundo para somar conhecimentos, inventar e reinventar diferentes projetos e aprender novas técnicas.

A atividade será  realizada nos  Telecentros, onde há maior concentração dos   recursos tecnológicos nas unidades de ensino do município. Em cada escola serão envolvidaos de 15 a 30 alunos, ou seja, duas turmas de participantes por escola.

Segundo a assessora de tecnologia da DDZ Centro-Sul, Alinne Borges, o Scratch Day que também se trata de um software, possibilita o aprendizado mais atrativo para alunos sobre a linguagem de programação e robótica.

“O Scratch Day permite a construção de animações, numa abordagem interdisciplinar, para montar projetos específicos e permitir que  os alunos aprendam de forma criativa e saborosa a questão da logica e programação”, comentou a assessora.

Na escola João Queiroz, localizada no bairro Cidade Nova, zona Norte, a atividade foi realizada na tarde desta quarta-feira, 29, com participação de aproximadamente 30 alunos do 4º ano que participam do Projeto do Clube de Linguagem e Programação e Robótica (Procurumim) da unidade de ensino.

Na unidade, os alunos foram convidados a fazer animações com seus nomes, por meio dse pequenos tipos de programação. A aluna Edna Silva, 10, do 4º ano, foi uma das 30 alunas que usou o  software. Segundo a estudante o programa é bem interessante.

“Eu adorei porque pude fazer algo que estava imaginando, achei bem interessante”, comentou.

Programação 

Escola Jarlece Zaranza – 07/06

Raimundo Botinelly – 13/06

Escritor Érico Veríssimo  – 19/06

Antônia Alexandrina – 05/07

 

Texto: Emerson Santos
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054