21/11/17 | 19:07
Escola Municipal realiza atividades culturais no encerramento da Semana da Consciência Negra

Nessa terça-feira, 21/11, a Escola Municipal Themístocles Gadelha, localizada no bairro Jorge Teixeira, na zona leste de Manaus, realizou a culminância do projeto ‘Diversidade Cultural: valorizando a cultura afro-brasileira’, realizado em comemoração ao Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 201/11. Foram três dias de encontros, nos quais os cerca de 1.400 alunos da escola participaram de diversas atividades culturais.

Os alunos puderam participar de palestras e mesas redondas, em que foi discutida a questão do racismo, gincanas culturais e apresentações em uma sala temática, em que os estudantes puderam conhecer um pouco da história do povo africano e sua importância para formação da cultura brasileira.

A sala temática foi uma construção de professores e alunos que, como explicou a professora de Ensino Religioso da escola, e uma das responsáveis pelo projeto, Janete Souza, foi dividida em cinco ambientes para que os visitantes pudessem ter uma experiência mais completa.

“A temática foi pensada para falar sobre a diversidade cultural, valorizando a cultura afro-brasileira. Essa sala está dividida em cinco temáticas: memória, que fala sobre as rotas do trafico negreiro e o instrumento de tortura, a religião, a culinária, personalidades negras e símbolos adinkras”.

Durante todo o ano, a escola trabalha com projetos interdisciplinares, mas sempre com foco em algum objeto, como a Língua Portuguesa ou a Matemática. No caso do projeto sobre diversidade cultural, o trabalho foi coordenado pelos professores de história. A gestora da unidade falou sobre o objetivo da proposta.

“O que a gente quis com esses projetos? Além de trabalhar de forma interdisciplinar, quisemos mostrar para os nossos alunos uma forma diferenciada de aprender a respeitar o diferente. Não é porque é diferente que eu não vou respeitar. O princípio é esse”.

A cerimônia de encerramento contou com a execução do Hino Nacional, do Hino do Amazonas e do Hino à Negritude, criado há cerca de 70 anos e que exalta diversos momentos da luta por igualdade do povo afro no país. Também aconteceram apresentações culturais com danças e canções.

A aluna do 9º ano Brenda Serrão Braga, foi uma das atrações, cantando a música ‘Canto das Três Raças’, compostas por Mauro Duarte e famosa na voz de Clara Nunes. Ela escolheu a canção não apenas pelo teor da música, mas pela representatividade que a cantora teve na música brasileira.

 

Texto: Alexandre Abreu

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054