02/12/16 | 9:14
Escola municipal promove jogos internos e arrecada alimentos para ‘Casa Vhida’

_MG_9569Motivados pelo dia Internacional de Combate a AIDS, comemorado nesta quinta-feira, 1, a Escola Municipal Ulisses Guimarães, localizada no bairro Novo Aleixo, zona Norte de Manaus, decidiu promover uma competição diferente entre os alunos e arrecadou, em 12 dias de campanha, mais de uma tonelada de alimentos não perecíveis, que serão doados para ‘Casa Vhida’, instituição que cuida de crianças com HIV.

A arrecadação fez parte das atividades da ‘Ulissilíadas’, uma espécie de OlimpÍadas internas da unidade de ensino, promovidas há cinco anos. Na manhã de hoje, durante abertura oficial da Ulissilíadas, além da turma do 9º C ser coroada a campeã do torneio solidário, por ter arrecadado 460 quilos de alimentos, foi ministrada, também, uma palestra sobre a AIDS, já que no dia 1º de dezembro são realizadas em todo o mundo ações de combate à proliferação do vírus HIV.

_MG_9599“A Ulissilíadas chegou ao seu ápice com essa ação social. Unimos esporte, educação e solidariedade. Nós vamos converter esses alimentos em cestas básicas e doaremos à Casa Vhida no dia 20. Além disso, falamos um pouco sobre a AIDS, mostrando a importância da prevenção e os perigos de não se cuidar”, explicou o diretor da escola, Carlos André Alonso.

A aluna Eliandra Marinho foi a líder da turma do 9º ano C. Ela contou que conversou individualmente com cada colega e os incentivou na arrecadação dos alimentos. A partir de então, eles deram início a uma peregrinação nos comércios e casas do entorno da escola. Sem se importar com o título de campeã solidária, ela se diz contente pelo simples fato de poder proporcionar um natal mais feliz para as crianças da Casa Vhida.

“Passamos de casa em casa e explicamos o porquê de estarmos fazendo essa arrecadação. As pessoas entenderam e nos ajudaram. Conseguimos ser a sala que mais arrecadou e isso é bem legal. No dia 20 eu estarei lá levando esses alimentos. Me sinto feliz por ter tido essa iniciativa, e graças a Deus várias pessoas abraçaram a causa”, afirmou.

Competição esportiva

Cada turma foi identificada _MG_9610por um país. Foram escolhidas nações como Alemanha, Austrália, Grã-Bretanha, Hungria, Rússia, China além do Brasil. Os alunos confeccionaram camisas para os jogos e também ornamentaram as salas de aula com figuras típicas de cada nação.

A competição vai até o próximo dia 14 e haverá disputas de futsal, queimada, vôlei, dama, xadrez, tênis de mesa, e lutas casadas de jiu-jítsu, nas modalidades feminino e masculino, divididos nas categorias A (6º e 7º ano) e B (8º e 9º ano).

No jogo de abertura, os alunos do 9º ano enfrentaram um time formado por funcionários do colégio em uma partida de futsal. Antes de a bola rolar, os atletas fizeram um minuto de silêncio em homenagem aos jogadores da Chapecoense, que morreram em um acidente aéreo na última terça-feira.

“É legal sair um pouco da sala de aula e praticar esportes. A gente cria afinidade com os outros alunos, há uma rivalidade entre as turmas, mas é uma rivalidade saudável. Somos bastante unidos”, disse Rafael Cavalcante, 14, aluno do 8º ano.

 

Texto: Thiago Botelho

Foto: Lton Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054