17/10/14 | 17:04
Escola municipal promove ação social em parceria com Unicef

A Escola Municipal Francisca Campo, no bairro do Tarumã, zona Oeste, realiza, neste sábado, 18, a ‘Ação Global Educacional’. A atividade ocorrerá em parceria com o Fundo das Nações Unidas pela Infância (Unicef) e disponibilizará consultas médicas e odontológicas, emissão de RG, CPF, Certidão de nascimento e Registro Administrativo de Nascimento Indígena  (Rani). O evento contará, ainda, com palestras sobre doenças sexualmente transmissíveis e drogas para mais de mil alunos e comunitários do bairro.

A Ação Global Educacional na unidade de ensino é realizada desde 2009 e no ano passado passou a ter a colaboração do Unicef. A parceria rendeu um investimento de mais de R$ 200 mil, que já está sendo usado na construção de uma estação de tratamento de água.

“A Unicef mesmo vai fazer o serviço. Esse dinheiro foi doado pelo consulado do Japão. A Unicef tem sido muito importante para nós, enriquecendo nosso trabalho. Eles investem na valorização de cada trabalho desenvolvido aqui. Como eles têm conhecimento, conseguem ajuda para subsidiar nossos projetos”, afirmou a diretora da escola, Kátia Vasconcelos, destacando ainda que muitos alunos não possuem documentação e que o evento ajudará nesse sentido.

“Toda vez que acontecem as Municipíadas (jogos escolares da Semed) sentimos a necessidade da documentação dos alunos. Os pais, infelizmente, muita das vezes não têm tempo de sair daqui do bairro para tirar a documentação dos filhos. Vendo essa necessidade, eu conversei com a representante da Unicef e elaboramos a Ação Global para solucionarmos esse problema. Outro ponto é que muitos indígenas ficam sem estudar porque não têm Rani e sem documentação, eles não conseguem estudar em lugar nenhum”, ressaltou ao lembrar que a escola atende cerca de 200 alunos indígenas.

Desporto

Durante a Ação Global Educacional haverá um momento de descontração com a prática de esportes. Em frente ao terreno da escola, foi montada uma miniquadra onde alunos e comunitários poderão jogar peteca, futebol e queimada.

“É uma oportunidade de mostrarmos o trabalho esportivo feito pela escola aos pais dos alunos, além de ser um momento de diversão para eles”, disse o professor de educação física Marco Aurélio.

Visita ilustre

Durante o evento, a Escola Municipal Francisca Campo receberá a visita de pessoas ligadas à embaixada de Luxemburgo. Eles escolherão três alunos da unidade de ensino para serem personagens de um documentário sobre a rotina diária de um estudante da zona rural do Amazonas, que será elaborado pelo governo do país europeu.

Texto: Thiago Botelho

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 92 3632-2054