21/08/15 | 14:50
Escola Municipal João Goulart realiza Festa Folclórica especialmente para os alunos do EJA

RRA_0881Comidas e adereços típicos de festa junina, além de muita alegria fizeram parte da Festa Folclórica realizada, na noite desta quinta-feira, 20, pela Escola Municipal João Goulart, localizada no bairro Santa Etelvina, zona Norte da cidade. A atividade aconteceu na quadra poliesportiva da unidade escolar. Amigos de alunos e familiares prestigiaram o evento que, pela primeira vez, foi voltado para os alunos do Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

A animação ficou por parte dos alunos. Distribuídos em 19 turmas de aula e sobre a orientação de três professores, por grupo de estudantes, apresentaram ritmos brasileiros como forró, samba, xote, frevo e quadrilha. De acordo com gestora, Marlene Gazel, o objetivo do festival foi promover um momento de aprendizagem atrativa aos alunos do Ensino Noturno.

RRA_0856“A ideia desde o princípio foi unir o entretimento e a diversão com a aprendizagem adquirida durante os quase dois meses de preparação. Ou seja, propôs um ensino de maneira diferenciada, como deve ser para o público do noturno que tem uma particularidade e especificidade oposta do diurno. Este foi o nosso foco aproximar os nossos alunos ainda mais da escola, com uma atividade que eles estivessem a frente, que participassem, se envolvessem como um todo e, principalmente, aprendessem algo”, explicou.

Ainda de acordo com a gestora, o evento visou também ampliar o número de participantes do EJA, uma vez que devido ao número de alunos que chega a 1.400 estudantes, não havia espaço suficiente para todos participarem. “Nos anos anteriores, não tinham tanto espaço, por termos uma quantidade elevada de alunos. Por este motivo, decidimos fazer um festival somente para eles, para mais dá espaço e oportunidade de participarem da festa”, ressaltou.

RRA_0860Para Rosimar de Oliveira, aluno do 1º segmento, a atividades com estas, que envolvem os alunos, contribuem para elevar a participação do alunado do noturno. “Acredito que a escola tem que fazer mais eventos como este, porque eles aproximam os alunos da escola e promovem uma interação entre nós. Espero que esta seja a primeira festa do EJA de muitas”, comentou.

Para acontecer o encontro, a escola se preparou por quase dois meses. Foram feitas pesquisas, trabalhos em sala de aula e até fora da escola para conhecer de forma abrangente o contexto histórico das danças apresentadas.

RRA_0897De acordo com Ionete de Lima, estudante do 2º segmento do EJA, a junção entre aprendizagem e o momento descontração, contribuíram para um aprendizado diferenciado. “Para nós, a festa não começou hoje. Nos preparamos, estudamos sobre as danças, tivemos a oportunidade de conhecê-las mais afundo. Achei isso um máximo, porque rompemos o limites da sala de aula, aprendemos de forma prazerosa. Achei bastante interessante ”, afirmou.

A atividade contou com participação de 25 docentes e 340 alunos do EJA na organização do evento e na escolha das danças que foram apresentadas, pesquisas e atividades extraclasses.

Texto: Emerson Felipe
Foto: Rodemarques Abreu

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054