Secretaria Municipal de Educação
Acessibilidade    Fale Conosco    Mapa do Site
Manaus, 22 de outubro de 2020
-->
19/03/18 | 13:28
Escola municipal de Educação Especial realiza programação para Semana da Síndrome de Down

A Escola Municipal de Educação Especial André Vidal de Araújo, no bairro Parque Dez de Novembro, zona Centro-Sul, vai desenvolver, durante toda a semana, uma programação especial em comemoração a Semana da Síndrome de Down. Na manha desta segunda-feira, 19/3, foi realizada a abertura das atividades com a ‘Hora Cívica’, que teve a presença de alunos, pais e professores. A unidade atende aproximadamente 30 alunos com a síndrome, em turmas de 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

No dia 21/3 é comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down, doença genética do cromossomo 21 que causa atrasos de desenvolvimento e intelectuais. O objetivo da semana de atividades é conscientizar a sociedade sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, bem estar e inclusão dos portadores da síndrome.

Durante os próximos dias, os alunos vão ter a oportunidade de conhecer pontos turísticos da cidade, participar de festas temáticas na unidade de ensino e atividades culturais, além de estarem incluídos nas ações que serão coordenadas pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), com ações de cidadania que acontecerão na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

Para o diretor da escola, Helivan Dantas, a escola realiza a semana para reunir os alunos, pais, responsáveis e educadores, oferecendo a oportunidade aos alunos de conhecer pessoas e locais fora da rotina escolar. “O objetivo dessa semana é a informação. É lembrar que a síndrome existe e que nós precisamos abolir qualquer forma de preconceito com a pessoa com deficiência. Quando a pessoa se informa deixa de ser preconceituosa”, disse.

Trabalhando na unidade há 10 anos, a pedagoga com especialização em EJA Especial, Waldelores Bessa, atende 15 alunos da modalidade de ensino. Para ela, a semana é um momento de reflexão e de ampliar seus conhecimentos.

“A meta da semana é sensibilizar e trazer mais conhecimentos, fazer com que as pessoas participem, conheçam o trabalho que é realizado na escola. Os alunos não estão limitados a ficar apenas em sala de aula, mas têm condições de participar de atividades externas”.

A gerente administrativa, Maria de Fátima Frota, 52, mãe do aluno da 3ª fase da EJA, Washington Frota Barroso, 19, foi mais uma a ressaltar a importância de que a sociedade conheça a realidade de uma pessoa com Síndrome de Down. “Na verdade, as pessoas com Síndrome de Down devem ser lembradas todos os dias e não somente nesta semana”.

 

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Lton Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054