29/04/19 | 11:07
Programa de educação ambiental conscientiza alunos sobre preservação da Bacia do Tarumã-Açu

A escola municipal Manuel Ferraz de Campos Sales, no bairro Tarumã, zona Oeste, recebeu a 3ª edição do projeto “Oca vai à Escola”, realizado por meio do Programa Oca do Conhecimento Ambiental da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A ação, ocorrida na última sexta-feira, 26/4, envolveu 400 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental do turno matutino.

O objetivo do projeto é fazer com que os alunos, assim como toda a comunidade escolar e do entorno, tenham consciência dos problemas ambientais que podem ser causados com o lixo descartado de maneira incorreta. Até o fim do ano letivo, serão 10 edições realizadas, sempre na última sexta-feira de cada mês.

A coordenadora do programa, Gina Gama, explicou que as atividades nessa escola têm uma grande importância, pois a unidade de ensino fica em uma área de proteção ambiental na bacia do rio Tarumã-Açu. “Estivemos na escola desenvolvendo uma série de ações relacionadas ao meio ambiente, mas de uma forma lúdica, recreativa, na qual os alunos aprendem brincando. Trabalhamos com inúmeros parceiros, com apoio das Divisões Distritais Zonais da Semed, onde as escolas são subordinadas”, afirmou.

Com tema “Poluição Hídrica”, o professor Augusto Fachin Teran, do Grupo de Estudo e Pesquisa de Educação em Ciências em Espaços Não Formais (GEPECENF) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), foi um dos palestrantes da programação na escola. Para ele, é importante que os alunos aprendam desde cedo sobre a temática. “Nós trouxemos para essa escola o problema da poluição dos recursos hídricos, trabalhamos os diferentes tipos de poluição, mostramos os diferentes tipos de água e como podemos fazer a filtragem dessa água na possibilidade de ser usada depois de ser despoluída”, pontuou.

A diretora da escola, Dilza Cibele Lima Sampaio, ficou feliz ao receber pela primeira vez o projeto, pois considera o assunto muito importante para o desenvolvimento de preservação e conscientização dos alunos da modalidade de ensino. “Esse evento foi importante, principalmente pelo fato da escola estar inserida próximo à bacia do Tarumã-Açu. É fundamental que os alunos tenham essa visão de preservação do meio ambiente, aprendendo que não podem jogar lixo nos rios, nas ruas e que precisam preservar”, destacou.

Moradora do bairro, mas já consciente sobre a questão ambiental, a aluna do 5º ano, Sofia Campos Garcia, 11, considera a temática primordial. Segundo ela, se não houver a preocupação de todos, vai ser difícil a preservação do meio ambiente. “É importante essa programação, porque todos vão saber que não pode jogar lixo nas ruas e na escola, porque senão vai poluir e ficar um lugar difícil de ficar. Com isso, não tem como fazer mais nada, pois tem todo trabalho para tirar todo lixo e prejudica todo mundo”, alertou.

Parceria
A ação conta com a parceria das secretarias municipais de Saúde (Semsa) e Limpeza Urbana (Semulsp), Infraero, Bombeiro Civil, UEA, Comitê da Bacia do Rio Tarumã-Açu, além de algumas divisões da Semed, divididos em salas temáticas, como arqueologia, primeiros socorros, oficinas de tiaras e lações, o perigo da fauna ao redor do aeroporto, sauim de coleira, entre outros temas.

Texto: Paulo Rogério/ Semed
Fotos: Paulo Rogério/ Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054