29/07/19 | 16:16
Escola Mamãe Margarida realiza culminância de feira de ciências

A Escola Mamãe Margarida, localizada no bairro São José, na zona Leste de Manaus, realizou nesta segunda-feira, 29/7, a culminância da feira de ciências “Mamíferos aquáticos da Amazônia”. O tema do evento foi escolhido por conta da parceria firmada com a Associação Amigos do Peixe-Boi (Ampa).

Momento cívico e apresentações artísticas desenvolvidas pelas estudantes da escola, como a dança ‘Planeta Terra, Planeta Água’ fizeram parte do encerramento da atividade. Além das músicas Manso Peixe-boi, Boto Rosa, Ato de Amor e apresentação de maquetes, poemas e a peça teatral ‘Protegendo a vida’.

Para a realização da culminância, foram realizados sete encontros na escola, iniciados no dia 19/7, onde as alunas foram apresentadas para os projetos da instituição e especificidades da região.

“Começamos a trabalhar mostrando slides que apresentamos para as alunas que começaram a entender a questão na Amazônia. Depois estudamos com as garotas, fizemos atividades de interpretação e desenhos. Acompanhados a isso, as alunas fizeram caixinhas que são pequenos depósitos para guardar diversas coisas”, contou a Maria Tereza Gomes, professora do 4º ano.

Desde o início dos encontros na escola, a coordenadora do Programa de Educação Ambiental da Ampa, Jamylle de Souza, notou que as alunas tinham interesse gradualmente aumentado. “No  começo, por ser muito novo, as crianças ficavam mais quietas, mas com o passar do tempo elas foram se envolvendo nas atividades”, disse.

Ela também contou que a parceria surgiu porque a Ampa percebeu que é necessário estabelecer essa relação com as escolas e com os alunos. “O projeto ‘Amaodoce’ surgiu da necessidade de trabalharmos um pouco mais essa biodiversidade que são os ecossistemas aquáticos do amazonas e trabalhar com a questão da fauna e flora. Nós entendemos que é necessário incluir ações nas escolas que sejam mais contínuas e que fossem de formação, incluindo toda escola”, finalizou.

A ONG desenvolve atividades de proteção, conservação e pesquisa com cinco espécies de mamíferos aquáticos que vivem na região Norte do país – o peixe-boi marinho, o boto-vermelho e o tucuxi, ambos tipos de golfinhos de água doce, além das lontras e ariranhas – espécies que em comum têm o risco de extinção por conta da caça ilegal e do tráfico de animais.

Texto: Alexandre Abreu
Fotos: Eliton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054