07/11/14 | 17:22
Escola Lucila Freitas promove a VIII edição da Expobiodiversidade

A Escola Municipal Lucila Freitas, localizada no bairro Colônia Santo Antônio, realizou na tarde sexta-feira a VIII edição da Expobiodiversidade. Neste ano, o tema escolhido pela unidade foi “Amazonas na Copa”, que destacou a fauna e flora do Amazonas e a cultura dos países que jogaram na Arena da Amazônia no período da Copa do mundo de 2014. Professores, responsáveis e comunitários prestigiaram o evento.

 

A atividade aconteceu por meio de explanações, cartazes, faixas, banners que demostraram a danças, cultura, religião, economia, a geografia e culinária da região amazônica e dos países: Japão, Camarões, Estados Unidos, Espanha, Suíça e Croácia. O trabalho foi desenvolvido por 780 alunos do 1º ao 9ª ano e do Programa de Aceleração da Aprendizagem.

 

O trabalho de pesquisa começou a ser desenvolvido deste o início do ano letivo, explicou a professora de história, Lilian Cristina.

 

“A princípio, no mês de fevereiro os alunos realizaram pesquisas em livros, na internet, fotografias, jornais e recortes de temas relacionados ao tema. No mês de maio foi feita a divisão destas pesquisas por turmas e depois tiramos um momento para os alunos estudarem as explanações que foram feitas. Por fim, produzimos o material visual para exposição”, explicou.

 

A gestora da unidade escolar, Mariete de Souza, destacou os avanços alcançados com a ação. “Com esta ação, que já tem 8 anos, percebemos um maior empenho de nossos alunos no decorrer do ano letivo. Melhorou o comportamento em sala de aula e o índice de aprovação. Além disso, verificamos que nossos alunos passaram a ter uma visão crítica sobre determinados assuntos”, contou a gestora.

 

Para o aluno do 7º ano, Paulo Rodrigo, que participou da atividade pelo  segundo ano, a Expobio é um meio mais rápido de absorver conteúdos. “Aprendi sobre a Região Amazônica e sobre outros países”, expressou.

 

Alexsander Ruy Lima, aluno do 8º ano, disse que a Expobio lhe trouxe conhecimento. “Aprendi que cada país tem a sua cultura, a sua identidade e os seus costumes e que na Amazônia existe uma grande extensão de floresta e de animais”, ressaltou.

 

TEXTO: Emerson Felipe

FOTO: Cleomir Santos