30/09/15 | 16:29
Escola da zona rural aproveita água do ar-condicionado para limpeza do prédio

ASS - SEMED (11)Um problema que gerou uma solução inteligente. A Escola Municipal Abílio Alencar, localizada no km 35, da AM-010 (estrada que liga Manaus a Itacoatiara), convivia constantemente com a falta de água. O problema foi resolvido após um experimento dos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) que começaram a captar água dos condicionadores de ar da unidade de ensino. O resultado é que hoje são coletados mais de 800 litros de água a cada dois dias, utilizados na limpeza do prédio, para lavar louça da cozinha e ainda regar as plantas da horta.

O experimento foi apresentado na III Feira de Ciências e Tecnologia Ambiental da unidade escolar, realizada na manhã desta quarta-feira, 30, onde foram expostos mais sete trabalhos, reunindo todos os 640 estudantes do colégio.

ASS - SEMED (8)“O projeto surgiu quando estávamos na aula de informática e o professor comentou que o ar-condicionado ficava pingando sem parar. Depois, nós fomos pesquisar mais o assunto e surgiu a ideia de economizar esta água”, informou a aluna Fabíola Holanda, 17, que participou das pesquisas do projeto.

Segundo a estudante, a água é captada por garrafões . “E essa água, que iria ser jogada fora, é utilizada na limpeza da escola, dos banheiros e na horta, até porque ela não contém cloro”, completou Fabíola.

De acordo com o gestor da unidade de ensino, Tamilton Azevedo, o evento é uma maneira de incentivar os alunos a terem interesse pelas ciências. Ele explicou, também, que todos os projetos foram pautados para solucionar problemas dos cidadãos que vivem no campo.

ASS - SEMED (3)“Este ano, nós estamos com uma proposta de escola sustentável. Nós fizemos palestras sobre iniciação científica com nossos alunos e hoje é a culminância dos trabalhos desenvolvidos, que é apresentada para a comunidade. Para eles, pedagogicamente, é um ganho muito grande no aprendizado, não só no ambiente da escola como para a vida profissional”, destacou.

Primeiros socorros
Preocupados com a distância entre a escola e os hospitais de Manaus, os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental abordaram o tema primeiros socorros. Os estudantes aprenderam como se portar diante de situações de acidente e ensinaram os visitantes.

ASS - SEMED (5)A aluna Ana Izabel Vieira, 11, explicou o passo a passo de um atendimento e dos primeiros socorros, destacando que este é um reforço para manter a vítima viva.

“É importante ter os primeiros socorros aqui na escola porque são alunos adolescentes que gostam de correr, pular. De vez em quando acontece um acidente e o hospital é longe”, disse.

“A primeira coisa é ficar calma, depois tem que olhar o local para saber se há mais de uma vítima, verificar se há riscos de explosão, derramamento de gasolina e depois eu atendo a vítima”, disse Ana.

Ao final da feira de ciências, 50 alunos do Programa Mais Educação fizeram uma apresentação musical na quadra da escola, com músicas regionais.

Texto: Thiago Botelho
Foto: Lton Santos

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054