23/10/18 | 16:02
Escola da zona Norte desenvolve projeto Escola Segura Cidadã

A Escola Municipal Desembargador Oyama Ituassú, no bairro Santa Etelvina, na zona norte de Manaus, participou nesta terça-feira, 23/10, da terceira fase do projeto Escola Segura e Cidadã, realizado em parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), em que são trabalhados com os alunos conceitos como disciplina, respeito às normais e hierarquia.

O projeto acontece na unidade desde o mês de março, com a realização de palestras nas unidades sobre temas como violência na escola, drogas e bullying e como se defender dessas ações.

A cerimônia, que contou com a presença da chefe da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte, Jane Selma Trindade e de representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Amazonas e da Polícia Militar, premiou os alunos da escola com melhor rendimento no terceiro bimestre.

O Sargento da PM, Cleiton Silva, conta que os estudantes foram orientados sobre a importância e necessidade do respeito aos professores, o que refletir diretamente na saúde do ambiente escolar e na convivência em casa e na sociedade. “A questão dos ensinamentos da terceira fase desse projeto é de hierarquia e disciplina, respeito com os professores, entrega de trabalhos, pontualidade. Nessa etapa, os melhores alunos são agraciados com patentes de Major, Capitão, Tenente e Sargento”.

A gestora da unidade, Luciana Cardoso, explica que a patente de Major foi entregue aos alunos do 9º com melhor rendimento, que representam a escola em diversas situações e que as outras patentes foram distribuídas por salas, de acordo com as notas alcançadas. Para ela, essa premiação ajudou os estudantes a aumentar o engajamento com a vida escola.

“Para a gente houve uma mudança total, mesmo não interferindo no pedagógico, mas na questão disciplinar. Os alunos já começam a ter outro norte e o nosso rendimento melhorou, porque o aluno se sente estimulado a estudar mais. A escola passa a ser interessante”.

Um desses estudantes que demonstra mais interesse pela vida escolar é Ruan Gonçalves, do 9º ano, que foi um dos premiados e recebeu a patente de Sargento. Ele relata que sempre teve boas notas nas escolas por onde passou e que esse prêmio ajudou no interesse dele. “Esse ano eu não sabia sobre esse projeto e analisando eu achei interessante, a pedagoga me chamou pra participar e eu gostei. É muito bom”.

 

Texto: Alexandre Abreu

 

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054