16/05/19 | 18:05
Escola Aristóphanes Bezerra promove seminário de Educação Física

Aspectos e curiosidades sobre jiu-jitsu, judô e capoeira foram expostos  durante o seminário de educação física, realizado na tarde desta quinta-feira, 16/5, pela Escola Municipal Aristóphanes Bezerra de Castro, localizada no Bairro Cidade de Deus, zona Leste de Manaus. Atividade foi no auditório da unidade de ensino e envolveu aproximadamente 200 alunos do 8º e 9º  ano do ensino fundamental.

Segundo a gestora da unidade, Francineide Bento,  a ideia do seminário foi desmistificar o pensamento  de que as artes marciais instigam a violência, além de apresentar aos alunos os  criadores da modalidade e a história vida de grandes lutadores.

“A ideia desse seminário é incentivar o respeito entre as pessoas,  e conhecer esses esportes a fundo, e principalmente mostrar que essas lutas não devem ser usadas para gerar violência”, disse.

O organizador do evento e professor de educação física, Wilson Rodrigues de Silva,  explicou que a ação faz parte das atividades do currículo do 2º bimestre dos alunos do 9º ano do ensino fundamental.

“A proposta da atividade é trabalhar a não violência dentro desses   jogos, e faz parte da grande  curricular do 9º ano do ensino fundamental. Além disso, a finalidade do evento foi incentivar  os alunos a fazerem pesquisas sobre a questão histórica, as regras e proporcionar uma  atividade prática em cada luta no dia do evento ”, explicou.

Na plateia havia lutadores graduados convidados para prestigiar a atividade.  Entre eles  estava presente o coordenador de Educação Física da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Ronne Mello, que trabalha na área de artes marciais há 30 anos, é faixa preta em Jiu-jitsu e Marron em judô.  Na oportunidade,  o professor destacou que as artes marciais o tornaram a pessoa que é hoje.

“Eu deve muito  as artes marciais, a luta me  levou ser a  pessoa que sou hoje e fico muito feliz por saber que colegas nossos da Semed buscam envolver as lutas na aprendizagem.  Estou extremamente honrado com o convite e feliz com a postura da escola “, afirmou Ronne

Para o aluno Lucas Gomes, 16, não é muito diferente, porque assim como a luta foi essencial para formação de caráter e de filosofia de vida do professor Ronne Melo,  da mesma forma está sendo na vida dele.

“A luta é fundamental na minha  vida. Por meio dela me tornei uma pessoa mais responsável, disciplinado e consegui controlar  impulsos que tinha em momentos de raiva”, disse o aluno.

 

Texto: Emerson Santos
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054