02/10/14 | 18:29
Educadores participam de formação de alfabetização e letramento

Professores e pedagogos da Escola Municipal Santa Etelvina, localizada no bairro Santa Etelvina, zona Norte, participaram nesta quinta-feira, 02, da formação Bases Metodologias de Heloísa Vilas Boas. A proposta dessa metodologia entende que a criança, ao adentrar para a escola, já tem uma competência da língua da qual é falante. O curso de formação continuada foi aplicada por profissionais da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

De acordo com a gestora da unidade, Tatiana Uchoa, o objetivo principal desta formação é aperfeiçoar a prática pedagógica dos professores e pedagogos no sentido de alfabetização e letramento.

“São aplicadas as bases metodologias de Heloisa Vilas Boas, voltadas para a alfabetização e letramento, com a implementação nas escolas buscamos aperfeiçoar a prática pedagógica dos professores. É uma forma de trabalhar o letramento de forma significativa no contexto social no qual o aluno está inserido. Buscamos trabalhar o  conhecimento que o aluno traz de casa e desenvolver um trabalho positivo para ele, trabalhando o construtivismo”, informou.

Integrante da equipe de formação, Rosana Marque, relatou que a  metodologia deve ser passada em quatro módulos para os professores e pedagogos.

“A teoria na perspectiva da metodologia da Heloisa Vilas Boas trabalha, principalmente com alunos do 1º ao 5º ano, desenvolvendo a base linguística. Este é o primeiro  encontro, que deve ser realizado em quatro módulos. É uma proposta em consonância com os programas do MEC”, relatou.

Responsável por aplicar a metodologia em sala de aula para os alunos,  a professora Josefa de Castro Pantoja, informou que a formação ajuda os professores a ter mais conhecimento para trabalhar de forma simples, porém produtiva.

“Temos essa oportunidade de colocar em prática, de conhecer mais a metodologia da Heloisa Vilas Boas, de uma forma que não tivemos na faculdade, já que é uma  metodologia que requer explanação. Com a formação conseguimos cristalizar na prática, realizar os trabalhos seguindo essa metodologia. Já participei de outras formações como esta e posso dizer que o resultado aparece, não é instantâneo, é um trabalho de médio em longo prazo, mas com resultado positivo, vemos uma mudança de interesse dos alunos pelas aulas. Essa metodologia mostra que não precisa ir longe para procurar um recurso didático para a proposta, podemos ter uma aula boa, passar o conteúdo bom,  utilizando recursos que temos em sala de aula e quem faz parte do dia a dia dos estudantes”, informou.

Ainda de acordo com a gestora, as datas das outras formações serão  marcadas de acordo com a disponibilidade dos professores para que não prejudique o trabalho em sala de aula.

Texto: João Pedro Figueiredo
Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054