26/06/18 | 16:22
Educadores participam de evento sobre Ensino Religioso

Iniciou nesta terça-feira, 26/6, e segue até a próxima quinta-feira, 28/6, no auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Estado, a 1ª Jornada Pedagógica de Ciências da Religião, com o tema “Educação, Religião e Conexão de Saberes Amazônicos” e o 5ª Seminário de Professores de Ensino Religioso do Amazonas (Seperam), em que será discutida a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) nos Sistemas de Ensino. O evento conta com a participação da Prefeitura de Manaus.

Organizado pelo Grupo de Pesquisa Mythos, Humanidades, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e que reúne membros de várias instituições ligadas à educação, entre elas a Secretaria Municipal de Educação (Semed), a abertura do evento contou com a presença da secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, da coordenadora do grupo Mythos, Rosangela Siqueira, e da representante da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), Lafranckia de Souza.

O encontro é voltado para pesquisadores, professores de Ensino Religioso, acadêmicos da área e demais interessados e pretende discutir sobre educação, religião e suas conexões com os saberes amazônicos, sendo importante trabalhar a diversidade religiosa do país, levando em consideração as particularidades de cada região. O evento foi transmitido ao vivo para os 61 municípios do interior do Amazonas, por meio do Centro de Mídias da Seduc.

Para a secretária municipal de Educação, o debate sobre o tema é de extrema importância e deve acontecer também nas faculdades, na formação dos futuros professores, para que estes profissionais não tenham dificuldades em trabalhar o assunto, quando encontrar os vários tipos de etnias religiosas.

“A religião é uma das dimensões mais importantes do ser humano e não pode ser, em hipótese alguma, fonte de intolerância, mas precisa ser um lugar onde agrega conhecimentos, diferenças e lidar com a diversidade, mas infelizmente o que temos visto é o caminho contrário a tudo isso e os professores são os mediadores dessas questões”, comentou Kátia.

A Semed aborda o Ensino Religioso na perspectiva da diversidade religiosa de forma pluriétnica, como explicou a coordenadora de Diversidade Religiosa da secretaria, Lídia Helena Oliveira. “Nós não podemos trabalhar o Ensino Religioso apenas com uma única religião, nós somos um povo rico em etnias e cada uma tem a sua crença e costumes. Precisamos conhecer e respeitar todas as diferenças, contribuindo para o fim da intolerância”.

A formadora da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), Rosangela Siqueira da Silva, lançará o livro “Interfaces Contemporâneas entre Religião na Amazônia”, voltado para a prática do docente em sala de aula.  “Esse livro relata a vivência dos professores, de como é abordado o Ensino Religioso de forma pedagógica, de uma maneira em que o aluno entenda que ele faz parte da sociedade, independentemente da religião”, afirmou.

Texto: Érica Marinho/Semed

Fotos: Lton Santos/Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054