10/08/17 | 14:01
Educadores e estudantes da zona Rural participam do 2º Fórum Municipal de Educação do Campo

Professores, gestores, pedagogos, estudantes e comunitários da zona Rural participaram, nesta quinta-feira 10/8, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), do 2º Fórum Municipal de Educação do Campo, que tem como tema ‘Educação do Campo: Processos de letramento e alfabetização nas modalidades e níveis de ensino’.

O Fórum pretende dialogar sobre as possibilidades e limites do letramento e alfabetização nas diferentes modalidades e níveis de ensino escolar da zona Rural, alcançando assim as metas previstas no Plano Nacional de Educação (PNE) e no Plano Municipal de Educação (PME).

De acordo com a coordenadora de Educação do Campo da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Waldileia Pereira, essa reunião é uma continuação do pré-fórum realizado nas escolas rurais, com a participação de professores, alunos, comunitários e delegados escolares. “Nós vamos dar continuidade às discussões, dando mais ênfase nas novas diretrizes da Educação do Campo”, disse.

Ainda segundo ela, a Semed é uma das poucas secretarias de educação no Brasil, que possui uma diretriz voltada para a Educação no Campo e que orienta como deve ser trabalhado o ensino desde as séries iniciais à Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A diretora do Departamento de Gestão Educacional (Dege) da Semed, Marcionília Bessa, também participou do fórum e considerou a oportunidade um momento importante, em que a secretaria vai poder contribuir de forma mais eficaz na educação rural, discutindo e ouvindo as necessidades dos principais envolvidos.

“Quando a comunidade participa dessas discussões, nós estamos exercendo a democracia, ouvindo e entendendo a realidade de alunos, professores e comunitários”, explicou Marcionília.

As novas diretrizes para Educação Rural, além de proporcionar melhor qualidade na aprendizagem, vai servir também para melhorar a estrutura física das escolas. Para a professora, Jozicleide Gonçalves, que leciona para alunos da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental na Escola Municipal Rui Barbosa, localizada na comunidade Nova Canãa, zona Rural Ribeirinha, investir na estrutura da escola, acarretará na evolução da aprendizagem do aluno.

“Com essa reunião poderemos falar das nossas necessidades em ter bibliotecas e salas separadas por série e este fórum vai servir para expormos todas as nossas necessidades aos coordenadores da secretaria”, comentou a professora.

 

Texto: Érica Marinho/Semed

Fotos: Lton Santos/Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054