24/05/17 | 15:08
Educadores discutem sobre desafios da política educacional durante 1° Encontro Municipal do Programa Bolsa Família

Cerca de 320 servidores públicos entre diretores escolares e secretários de escolas municipais, estaduais e federais participaram, na manhã desta quarta-feira (24/5), do 1° Encontro Municipal do Programa Bolsa Família na Educação, que aconteceu no auditório da Universidade Paulista (Unip), bairro Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus.

O objetivo do encontro é refletir sobre o programa, o desafio na política da educação e a importância da participação dos beneficiários e dirigentes de escolas no processo de acompanhamento e cumprimento das condicionalidades do benefício de forma intersetorial.

Durante o encontro, os gestores e secretários escolares participaram de mesas-redondas. Um dos temas foi “O programa Bolsa Família: Desafios na Educação do Município de Manaus”, explanado pela a Subsecretária de Gestão Educacional (SSGE) da Semed, Euzeni, Trajano, e a Assessora Técnica da Câmara de Educação Superior do Conselho Estadual de Educação do Amazonas e professora da Secretaria de Educação de Manaus (Semed), Regina Marieta Chagas. Outro tema discutido foi “O Acompanhamento Intersetorial das Condicionalidades do Programa Bolsa Família” com a Gerente de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe) da Semed, Dircélia Ortiz, a nutricionista e coordenadora do Programa Bolsa Família na Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Tânia Batista, e ainda o chefe da Divisão de Renda e Cidadania, Douglas Marques, e a Psicóloga de Centro de Referência Assistência Social (Cras), Pollyana Pinheiro, ambos da  Secretaria Municipal da Mulher, Juventude,  Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh).

Em 2016, Manaus ultrapassou a meta nacional de acompanhamento de frequência nas escolas que é de 93% e alcançou 98%. Além de garantir a permanência dos alunos nas unidades de ensino, Manaus também elevou os resultados educacionais da rede pública municipal, como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), conforme meta pactuada com o prefeito, Arthur Virgílio Neto, e foi destaque em publicações nacional, como a Revista Exame. “Ultrapassar a meta nacional, demonstra uma redução no abandono escolar e isso contribui para que a gente possa de fato crescer no índice do Ideb. Essas são ações desenvolvidas pela rede, em parceria com as escolas, que contribuem no avanço da qualidade educacional”, afirmou a subsecretária, Euzeni Trajano.

De acordo com a gerente do Gacpe, Dircélia Ortiz, a escola deve fazer um acompanhamento e conscientização junto à família, bem como explicar a elas que o benefício não é vitalício. “Esse encontro vem fazer essa reflexão da importância do acompanhamento da escola junto aos beneficiários do Programa, onde um dos desafios é fazer com que essas crianças permaneçam na escola e tenham um bom rendimento escolar. O outro é orientar os pais e responsáveis de que esse benefício é um meio de proporcionar ao estudante o acesso a serviços básicos e também adquirir, no futuro, uma emancipação do programa”, explicou Dircélia.

Texto: Érica Marinho

Fotos: Cleomir Santos/Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054