12/03/15 | 10:01
Educadores da Semed participam de curso de Educação Física Inclusiva

Os servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participaram, na tarde desta quarta-feira, 11, da aula inaugural da 2ª edição do ‘Curso Portas Abertas para a Inclusão – Educação Física Inclusiva’. O evento foi realizado por videoconferência, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), zona Centro-Sul de Manaus e reuniu 33 educadores, entre professores de Educação Física, de recursos especiais, pedagogos e gestores escolares.

O curso é resultado da parceria da Prefeitura de Manaus, por meio da Semed, com o Instituto Rodrigo Mendes, Fundação Barcelona e Unicef. O projeto contribui para a construção de um legado social da Copa do Mundo 2014 e garante melhores condições de acesso, permanência e aprendizado das crianças com deficiência nas escolas regulares das 12 cidades sedes do mundial, mais a cidade de Belém.

No período de março a novembro, será realizado o curso com uma carga horária de 100 horas no ambiente virtual, pelo sitediversa.org..brOs educadores terão ainda 16 encontros presenciais obrigatórios, de março a junho, no laboratório da Gerência de Tecnologia Educacional (GTE) da Semed, com quatro horas de duração cada um.

 “O foco é como incluir a criança especial dentro das atividades esportivas e recreativas nas escolas. Muitas vezes, as crianças são excluídas das atividades, mas o curso vem trazer o material para orientar o professor a fazer as atividades. Mesmo o aluno sendo cadeirante, ou com dificuldade de locomoção, poderá ser incluído em qualquer atividade”, concluiu a gerente da GTE da Semed, Aldemira Câmara.

O tutor do curso, Sérgio Nogueira, disse que a aula inaugural serve para orientar os educadores sobre a metodologia do projeto. Segundo ele, também orientará os educadores na organização de projetos, que serão desenvolvidos no decorrer da formação. “Queremos oportunizar que as crianças com deficiência possam fazer parte do ambiente escolar de maneira plena”, afirmou.

A professora Nise Sampaio Maia, da Escola Municipal Arte e Cultura, localizado no bairro Coroado, zona Leste, trabalha com alunos do 1º ao 5º ano e dois inclusos com síndrome de down. Para a educadora, o curso será mais uma ferramenta pedagógica em prol do aprendizado dos alunos. “Quanto mais informações tivermos para aprimorar, será melhor. Esse curso só vem para enriquecer nosso trabalho diário nas escolas. Com certeza vamos ter novos horizontes para o aprendizado e saber como lidar com essas crianças”, salientou.

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Rodemarques Abreu

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (Semed)

(92) 3632-2054