21/10/14 | 17:36
Educadores da Semed envolvidos no Programa Mais Educação conhecem o novo acervo da Liga da Paz para 2015

Monitores, professores, coordenadores, além de gestores do Programa Mais Educação do Governo Federal conheceram o novo acervo pedagógico da Tecnologia Educacional Cultura de Paz, do Projeto “Liga da Paz” que é utilizado, atualmente, por 115 escolas  da rede Municipal de ensino que aderiram o Mais Educação, nesta terça-feira, 21. O encontro aconteceu no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Semed.

A metodologia é destinada às escolas dos anos iniciais do Ensino do 1º  ao 5º ano do Ensino Fundamental. A tecnologia está implantada nas escolas municpais desde 2013. Ela trabalha com atividades e conteúdos lúdicos, abordando temas como: enfrentamento à violência nas escolas, aceitação da diversidade, tolerância com as diferenças, compreensão, compaixão, solidariedade e principalmente educação emocional com alunos que fazem parte do Programa Federal.

O coordenador do Programa Mais Educação na Secretaria Municipal de Educação (Semed), Anderson Clay, apontou os benefícios constatados pela secretaria com implantação do projeto ‘Liga da Paz’.

“A partir desta nova metodologia os professores e alunos começaram a tratar os conflitos e as emoções. Percebemos que com sua implantação, as escolas que o aderiram melhoram a convivência, passaram a desenvolver os valores morais e éticos dentro do espaço escolar e na família, baseado na cultura de paz e norteado pelos princípios do respeito, cooperação, amizade, tolerância e responsabilidade”, explicou.

O acervo de 2015 é composto por material impresso, dividido em cartazes, informativos, painel e livros, audiovisuais com DVDs, contento vídeo aula e formações para educadores do Programa Mais Educação, além de jogos de memória e outros.

A Escola Municpal Rodolpho Valle, localizada no bairro Redenção, zona Oeste da cidade possui 160 alunos do Mais Educação. Kelly Monteiro, coordenadora do Programa, descreveu um pouco dos resultados alcançados com o projeto Liga da Paz em sua escola. “Com essa ferramenta pedagógica  e com o trabalho feito com nossos alunos, percebemos que houve mudança de hábito, de comportamento, ficaram mais preocupados um com os outros, com espaço da escolar, com a maneira de se expressar, dentre outros pontos”, disse.

No decorrer do evento foi apresentado o material pela psicóloga Cássia Evangelista, representante da empresa Inteligência Relacional, que é a empresa idealizadora do Projeto Liga da Paz. A palestrante explicou como as pessoas envolvidas no Programa podem trabalhar conteúdos que desenvolvam a educação emocional e social dos alunos.

Projeto

Em 2014, a nova metodologia de trabalho voltada para os alunos do Mais Educação beneficiou 11. 394 alunos de 76 escolas do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

 

TEXTO: Emerson Felipe

FOTOS: Rodemarques Abreu