05/08/15 | 14:50
Direção da Escola Municipal Jarlece Zaranza faz avaliação da RADM

Esc. Jarlece Zaranza RADM ( DDZ Centro Sul ) - Fotos Rodemarques Abreu (49)Os professores e a direção da Escola Municipal Jarlece Zaranza, localizada no bairro Novo Aleixo, zona Leste, se reuniram, na manhã desta terça-feira, 5, com a assessora da Gestão Integrada da Escola Avançada (GIDE) para avaliar o Relatório de Análise de Desvio de Meta (RADM) referente ao rendimento escolar dos alunos do 1º ao 9º ano no segundo bimestre e traçar estratégias para melhoria no processo de aprendizagem dos estudantes.

De acordo com a pedagoga da unidade de ensino, Dayse Gomes, o desempenho escolar no segundo bimestre foi inferior ao primeiro, porém a frequência e o índice de abandono da escola melhoraram. Ela contou que após a análise, os professores discutiram o plano de ação a ser seguido e entre as diretrizes estão: o incentivo ao uso das mídias eletrônicas em sala de aula, inclusive os professores passaram por formação na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério, início de aulas de reforço pelo menos uma vez por semana e acentuar os trabalhos que abranjam a interdisciplinaridade.

“Ao final de cada bimestre nos reunimos para analisar e traçar metas de acordo com a avaliação feita em cada turma. Nós falamos sobre a ADE (Avaliação do Desempenho do Estudante), o rendimento interno, tanto geral, quanto por série e disciplina. É nosso momento de traçar as metas, tratar não somente com a assessora da GIDE, mas com todo o corpo docente da escola. É um momento de traçar novas metas para que a escola cresça e todos participam dando sugestões”, observou.

Avaliação
Esc. Jarlece Zaranza RADM ( DDZ Centro Sul ) - Fotos Rodemarques Abreu (38)Os profissionais do magistério se reuniram em uma sala e debateram durante todo o dia as informações contidas na RADM. A professora do 5º ano matutino, Suziany Vidinho,acredita que o relatório é mais uma ferramenta para auxiliar o dia a dia do professor, uma vez que apresenta um cenário real do processo de ensino e aprendizagem das escolas.

“Tem um ditado que diz que o que você não pode avaliar, não tem como medir. A RADM tem sido muito benéfica na prática da sala de aula porque facilita o professor identificar onde precisa melhorar. Nós nos aplicamos tanto em passar os conteúdos que avaliações de índice em números passam despercebidas, mas a RADM traz esse índices de forma mais fácil. Há professores que acreditam que isso é um trabalho a mais. Contudo, ele só tem ajudado a melhorar a prática do docente em sala de aula”, afirmou.

“Como o 5º ano fará a Prova Brasil, então o foco será principalmente a leitura na linguagem quanto a matemática. Aqui eu detectei que há um déficit no aprendizado de multiplicação e fração e vamos modificar esse ensino, trazendo algo mais atrativo”, completou.

Texto: Thiago Botelho
Fotos: Rodemarques Abreu

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054