19/02/16 | 14:42
Dia ‘D’ da Educação contra o Aedes aegypti mobiliza 500 mil pessoas na capital

Todos na Guerra contra o combate a Zica  - Fotos Rodemarques Abreu (22)Depois de reunir Exército, Marinha e Aeronáutica, agora, a Prefeitura de Manaus e o Governo do Amazonas uniram forças também com a Educação para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti em todo o Estado. Nesta sexta-feira, 19, somente em Manaus, aproximadamente 500 mil pessoas, entre estudantes e educadores das secretarias de educação do Município (Semed) e Estado (Seduc), além das Forças Armadas, estiveram envolvidos no Dia “D” de Mobilização da Educação contra o mosquito Aedes aegypti.

A cerimônia oficial da ação foi realizada na Escola Municipal Leonor Uchoa de Amorim, que fica no bairro São José 1, na zona Leste de Manaus. O local foi escolhido por ser um dos que apresentam maior índice de infestação do mosquito. A campanha de combate ao vetor transmissor da Dengue, Zika vírus e Chikungunya faz parte do Pacto da Educação Brasileira Contra o Zika, promovida pelo Ministério da Educação (MEC) que, na capital amazonense, teve como representante o ministro chefe da Advocacia da União, Luís Inácio Lucena Adams.

Todos na Guerra contra o combate a Zica  - Fotos Rodemarques Abreu (48)De acordo com o prefeito Arthur Virgílio Neto, desde o lançamento oficial da campanha “Zika Zero” mais de 180 mil imóveis já foram vistoriados. Ele acredita que, com essa nova parceria, o número subirá ainda mais. “As crianças são os cidadãos do futuro e, sem dúvida, têm uma enorme força junto aos seus pais e familiares. Cada uma delas será um pequeno brigadista, desde cedo ensinando que não se pode deixar água parada”, enfatizou.

Segundo o governador José Melo, o Amazonas já está entre os três estados brasileiros com melhor resultado no combate ao Aedes. Vitória atribuída às Forças Armadas e ao esforço conjunto do poder público. “A educação é de suma importância nessa guerra contra o mosquito, porque uma escola é a célula multiplicadora de informação em cada bairro e comunidade”, destacou. Melo disse ainda que a meta é, assim como nas ações contra a dengue, colocar o Amazonas na primeira posição no combate ao Zika vírus. 


Dia D educação contra o Aedes. Fotos Cleomir (171)Selo ‘Casa Protegida’
 

Ao fim da solenidade, as autoridades visitaram uma residência próxima da Escola Municipal Leonor Uchoa de Amorim para sensibilizar os moradores quanto à importância de não deixar focos de criadouros em suas casas. Eles foram recebidos pelo segurança Fernando Lima, de 29 anos, que parabenizou a iniciativa e disse que na sua família “o Zika não tem vez”.

Na ocasião, o prefeito Arthur Virgílio Neto divulgou a criação do selo “Casa Protegida”, que será colocado em cada imóvel vistoriado onde não forem encontrados criadouros do Aedes aegypti. “É uma maneira de estimularmos a todos, de valorizar o importante papel de cada cidadão nessa batalha contra o mosquito”, finalizou  o prefeito.

Ação continuada 

Todos na Guerra contra o combate a Zica  - Fotos Rodemarques Abreu (64)De acordo com as diretrizes da Campanha Nacional, a ação abrangerá todas as escolas do Brasil, nos dias 19, 26 de fevereiro e dia 4 de março, três sextas-feiras seguidas, com mobilização da comunidade educacional, entre estudantes, docentes, servidores, familiares e comunidade no entorno das unidades escolares.

Na abertura do Dia “D” da Educação, os 232,5 mil alunos, das 494 unidades escolares da Semed, estão trabalhando, simultaneamente, com a temática. A mobilização geral e conta com ações e atividades de todos os servidores das escolas, como administrativos, professores, gestores e coordenação pedagógica.

“Pela veia da educação podemos formar as crianças responsáveis e por isso, só na nossa rede mobilizamos 300 mil pessoas, entre servidores, pais e alunos para fazer vistorias nas escolas e nas casas, mas principalmente trabalhando a consciência de todos sobre a sua responsabilidade”, afirmou a secretária da Semed, Kátia Schweickardt. Conforme dados divulgados pela Seduc, foram 200 mil pessoas mobilizadas nas escolas estaduais da capital e outras 200 mil nas unidades do interior.

Brigada de combate nas escolas municipais 

Todos na Guerra contra o combate a Zica  - Fotos Rodemarques Abreu (34)Na última segunda-feira, 15, todos os gestores escolares da rede municipal de ensino receberam orientações sobre os cuidados para a prevenção e combate ao mosquito Aedes, a fim de que fossem desenvolvidas ações, não apenas nesses três dias de mobilização, mas ao longo de todo o ano.  A reunião foi coordenada pela Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe), da Semed.

Na ocasião, os mais de 490 gestores passaram por formação e assinaram um termo de compromisso para implantação de uma brigada de combate ao mosquito nas escolas. Os brigadistas, que serão profissionais e/ou alunos das unidades escolares, seguirão método de acompanhamento e de controle de focos do mosquito, semanalmente, por meio de check-list. A capacitação de brigadistas está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

Além da capacitação, a Semsa forneceu, ainda, para as secretarias municipal e estadual de educação, Semed e Seduc respectivamente, material publicitário de apoio. A primeira recebeu 240 mil folders, 300 faixas e 300 banners. A segunda 250 mil folders, 300 faixas e 300 banners. A ideia  é que os alunos e educadores trabalhem como multiplicadores de informação e atuem no combate na escola, no entorno da unidade escolar e em casa. Qualquer foco encontrado pode ser denunciado pelo Disk Saúde, 0800-280-8280.

 

TEXTO: Alita Falcão e Assessorias

FOTOS: Cleomir Santos e Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054