13/05/22 | 12:57
Semed lança concursos “Super Leitores” e “Super Escritores”

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), através da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul, lançou nesta quinta-feira, 12/5, a 2ª edição do concurso “Super Escritores” e “Super Leitores” no hall da DDZ, localizada no conjunto Vila Amazonas. O objetivo dos concursos é de oportunizar o desenvolvimento das habilidades de leitura, escrita e a capacidade criadora, dos alunos do 2º, 4º e 8º anos do Ensino Fundamental, bem como os da Educação de Jovens e Adultos (EJA) 3ª e 4ª Fases gerando vivências significativas no processo de ensino-aprendizagem e da educação infantil.

Os concursos foram lançados baseando as suas Propostas de Redação no Tema do ano Letivo da Secretaria Municipal de Educação “Escola e Sociedade na construção coletiva de uma educação de excelência para Manaus” por entender que esta é uma reflexão que deve, tão logo possa, estar inserida no cotidiano de das escolas e nas vivências dos alunos.

O concurso será dividido em dois momentos: o primeiro acontecerá na escola, onde haverá um processo de produção e seleção interna; no segundo momento, os projetos serão enviados para a comissão avaliadora na DDZ que escolherá os melhores trabalhos.

O subsecretário de Gestão Pedagógica, Carlos Guedelha, esteve presente no evento de abertura e comentou que esse é um projeto muito importante porque visa criar situações reais de escrita, de produção de texto para os alunos.

“É um programa que nos ajuda a concretizar o papel fundamental da escola que é formar o leitor e escritor competente. O aluno só vai se tornar um escritor se na verdade forem oferecidas a ele as condições para que ele produza textos. Então é um projeto de grande relevância porque nós estamos aqui formando escritores, desde muito cedo”, acrescenta o subsecretário.

Inspiração

O concurso “Super Escritores” surgiu a partir das ações realizadas pela DDZ  que incluíam aulões de linguagens, matemática e simulados e o concurso de produção textual. De acordo com a assessora interdisciplinar da divisão, Raylane Cavalcante Aguiar, o resultado de todas essas atividades levou a existência desse projeto.

“Este ano vamos atingir o público de segundo aninho do ensino fundamental, os anos iniciais, segundo e quarto aninhos. E dos anos finais, o oitavo ano. E também esse ano a gente incluiu a modalidade EJA, da quarta fase”, explica.

Seguindo os mesmos passos, o concurso “Super Leitores” surgiu a partir da criação do outro concurso, só que este é voltado para crianças da Educação Infantil, conforme explica a assessora de Educação Camila Barbosa assessora educação infantil.

“Quando a assessoria interdisciplinar chegou a essa ação do super escritores, a nossa coordenadora de educação infantil, Carla Rosane, viu que precisaríamos de uma também para educação infantil. Então os “super leitores” vem dessa proposta”, acrescenta Camila.

_ _ _

Texto: Alexandre Abreu / Semed

Foto: Salomão Júnior / Semed