18/10/19 | 20:48
DDZ Rural realiza II Concurso de Culinária Manipulador ‘Master Chef’

A Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus), por meio da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Rural, realizou nesta sexta feira, 18/10, a primeira etapa do II Concurso de Culinária Manipulador Master Chef, voltado para os manipuladores da merenda escolar das unidades de ensino da BR 174, AM 010, Rio Negro e Rio Amazonas. O evento ocorreu na Escola Municipal Maria Leide Amorim, na BR 174, e contou com a presença de aproximadamente 100 pessoas. O objetivo é incentivar a elaboração de receitas saudáveis, nutritivas e saborosas para integrar o cardápio da Alimentação Escolar.

O concurso, que coloca em prática a criatividade, é composto por duas etapas, a primeira, que é eliminatória, e a final, onde os pratos são analisados por cinco jurados convidados. Dos mais de 20 participantes, restaram apenas cinco finalistas.

Em 5º lugar: Ivanenete Reis de Sousa, com a receita: Salpicão a moda, da E. M Solange Nascimento; 4º lugar: Deise Ane Monteiro de Lima, com a receita: Farofa de Cuscuz com frango desfiado, da E.M Maria Leide Amorim; 3º lugar:  Dilsilene Gomes Cordeiro com a receita: Porpeta do Sabor, da E.M Solange Nascimento; 2º lugar: Maria Luzia da Silva Ataide com a receita: Filé de peixe ao molho com arroz e cenoura, da E.M.  e 1º lugar: Mariane da Silva Pinto com a receita: Escondidinho de filé de pirarucu, da E.M Francisco Orellana.

Algumas das receitas vencedoras da primeira fase foram ‘Filé de Peixe ao molho de arroz e cenoura’ e ‘escondidinho de Filé de pirarucu’. Os critérios de avaliação se baseiam em análises visuais, gustativas, análises do modo do preparo, que levam em consideração a clareza e o entendimento da realização do prato, as boas práticas na manipulação e o tempo de preparo, cada um desses critérios vale de 0 a 5 pontos.

A Gerente de Infraestrutura e Logística da DDZ, que coordenou o concurso, Melicia Cristina, comentou como as atividades realizadas são importantes para os manipuladores. ”Para as manipuladoras de alimento esse momento é de suma importância para sua valorização e incentivo da criatividade constante, neste processo de produção da merenda escolar dos alunos essa é uma ótima maneira de diversificar o cardápio das nossas unidades de ensino”, comentou a gerente, que também destacou os benefícios do concurso.

“Uma alimentação mais saudável, nutritiva, criativa e saborosa, é primordial para os alunos em idade escolar, pois é capaz de evitar ou diminuir déficits, carências e excessos nutricionais, melhorando o aproveitamento escolar”, concluiu.

Texto: Jéssica Salomão
Fotos: Divulgação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054