01/11/19 | 17:38
DDZ Norte realiza II Concurso de Poemas do Ensino Noturno

Com o tema ‘Imigrantes: um olhar nas fronteiras do coração’, a Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou na noite desta sexta-feira, 1º/11, o 2º Concurso de Poemas, com representantes de quatro escolas da zona Norte de Manaus. O evento, realizado no Auditório da Escola Municipal Jornalista Sabá Raposo, foi destinado a alunos da 3ª,4ª e 5ª fase da Educação de Jovens e Adultos da rede municipal de ensino.

O evento contou com a presença da Gerente da Educação de Jovens e Adultos, Alina Bindá, a chefe Distrital da DDZ Norte, Ercieda de Almeida Silva e a gerente pedagógica da Divisão Norte, Ticiane Pereira e convidados.

Além disso, participaram da atividade alunos e educadores das escolas Ana Senna Rodrigues, localizada no Bairro Terra Nova, da Escola Presidente João Goulart, situada no bairro Santa Etelvina, da Escola Marly Barbosa Garganta, centralizada no bairro Terra Nova, da Escola Rubens Sverner, situada no bairro Novo Israel.

A ação teve a finalidade de incentivar a leitura por meio das impressões poéticas dos alunos, suas expressões e exposições em uma ação educativa, disseminando possibilidades de forma igualitária para o desenvolvimento intelectual em um ambiente escolar prazeroso, lúdico e agradável.

O poeta, dramaturgo, músico e professor da Semed, Alessandro Saraiva, realizou um diálogo poético com todos os participantes. Durante ação aconteceu também o lançamento da coletânea de poemas produzidos pelos estudantes da EJA da Divisão Norte.

Mas o ápice do evento foi a certificação dos alunos que produziram as obras poéticas. A premiação foi destinada a dez alunos destaques das três primeiras melhores produções poéticas dentre as 5 escolas participantes.

A coordenadora do evento, Ádria Nascimento, salientou que o contato com a poesia ajuda os alunos ampliarem sua visão de mundo e gostar de ler e escrever.

“A criação poética desperta nos alunos um posicionamento crítico e os faz perceber o quão grande é o poder de escrita e da compreensão e percepção atenta ao que lê”, destacou.

Ao final, a Chefe Distrital da zona Norte, Ercieda de Almeida Silva, destacou que o evento serviu para demonstrar talentos e habilidades voltados dos alunos do noturno.

“Esta ação educativa e cultural é de suma importância por que resgata valores e vidas de vários estudantes na EJA, que são inteligentíssimas e apresentam grandes talentos para escrita e leitura e que estão adormecidos por vários motivos sociais e foram despertados através deste projeto grandioso”, disse.

 

Texto: Emerson Santos
Fotos: Divulgação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054