31/10/19 | 15:48
DDZ Leste 1 realiza 6ª Mostra Artística com alunos da Educação Infantil

Com o intuito de valorizar as práticas didático-pedagógicas a partir da música e da dança, oito Centros Municipais de Educação Infantil (Cmei) da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste 1, participaram da 6ª Mostra Artística de Dança, Música e Movimento, onde apresentaram o trabalho desenvolvido durante o ano letivo com as crianças de 3, 4 e 5 anos. O evento foi realizado no auditório da Escola Municipal Leonor Uchoa, localizado no bairro São José, na zona leste de Manaus.

Os Centros Municipais presentes foram: Balbina Mestrinho, com a apresentação ‘Emília, Emília’; Antonio Anastácio com ‘Lendas Folclóricas’; Creche Maria Aparecida com ‘Ciranda’, Flavio Emmanuel com ‘É tão bom ser criança’; Nossa Senhora da Conceição com ‘Dança Maluca’; Poeta Manuel Bandeira com ‘A Lenda do Pai Francisco’; Umberto Calderaro Filho com ‘A Dança do Coco’ e por fim, Cmei São Francisco com a apresentação do ‘Cangaço’.

A chefe da DDZ, Ilenilda de Araújo, explicou que o trabalho é uma forma de explorar o potencial da criança para que ela realmente tenha conhecimento do seu corpo e como esse corpo pode ajudar no desenvolvimento.

“Como essa vivência já é uma prática na escola, trouxemos hoje para realizar essa mostra. Observando a desenvoltura das crianças tenho percebido que tem valido a pena, eles estão se expressando bem e isso vai contribuir para que o cognitivo seja melhor”, pontuou.

A professora do Cmei Balbina Mestrinho, Mércia Miguel de Souza, contou que assim que recebeu o convite para participar preparou a apresentação e contou com a empolgação das crianças para isso.

“Quando recebemos o convite pesquisei várias apresentações e começamos a ensaiar. As crianças se envolveram bastante, os pais ajudaram a confeccionar as fantasias. As crianças adoram participar de todos os eventos que a escola realiza”, disse.

E além de desenvolver a questão física, a atividade permite o trabalho com questões regionais, como explicou a professora Ilana Resende, que trabalhou com sua turma a lenda do Pai Francisco. “Nós apresentamos a lenda da Catirina e do Pai Francisco no nosso festival folclórico, que é parte de um projeto que iniciamos em julho e terminamos em agosto na escola, onde trabalhamos a questão cultural e regional e foi muito proveitoso porque as crianças trabalham além do corpo e do físico, os costumes da região”, declarou.

Para a dona de casa Rosângela Dias, 37, mãe da aluna do cmei Umberto Calderaro Filho Beatriz Dias, a mostra foi muito boa e sua filha estava empolgada. “Ela gosta muito de dançar para se divertir e ficou muito alegre porque já tinha se apresentado na escola. Hoje ela estava muito entusiasmada, focada e ainda prestou atenção nas outras danças”, finalizou.

Texto: Alexandre Abreu/ Semed
Fotos: Alexandre Abreu/ Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054