15/05/15 | 16:15
Crianças de Cmei ganham horta escolar

O plantio e manuseio de hortaliças fazem agora parte da rotina de 552 alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Professor Carlos Caio Frota de Medeiros, localizado no residencial Viver Melhor, zona Norte. Nesta sexta-feira, 15, as crianças da unidade de ensino ganharam uma horta, onde vão aprender a cuidar de itens que farão parte da alimentação escolar. A atividade levará aos alunos também lições de cunho ambiental.

O programa “Horta Escolar: plantar, cuidar e preservar também é coisa de criança” já funcionava em outras duas escolas da capital, desenvolvido em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Nipo-Brasileira do Amazonas (Kaigisho). “Além do contato das crianças, a horta também enriquece a alimentação escolar. A criança tem o contato com a terra, pode trabalhar a semente, ver produzir, crescer e depois colher para colocar na alimentação delas mesmas, levando a experiência também para casa”, observou a diretora do Cmei, Geise Roque de Souza.

O vice-presidente da Kaigisho, Iuquio Ashibe, que também faz parte do Consulado do Japão, explicou que a horta é uma ação da Comissão de Meio Ambiente da Câmara. “Nós entendemos que é bastante importante para a educação das crianças o cuidado com o meio ambiente, assim como, para nosso país. Dentro dessa atividade, nós levamos a cultura do plantio de verduras para a alimentação nas escolas. Esses alimentos depois de desenvolvidos, serão utilizados no refeitório da escola”. Ele acrescentou que o projeto existe há cinco anos dentro da Câmara e o evento foi também uma homenagem aos 120 anos de amizade entre o Brasil e o Japão.

Meio ambiente

A doméstica Ana Picanço Pontes, 33, mãe da aluna do 2º período, Emanuelle Pontes, 5, sempre participa dos eventos da escola. Para ela, é fundamental que as crianças aprendam desde cedo sobre a importância do meio ambiente. “Para minha filha é uma educação ambiental, pois a horta vai beneficiá-la, assim como os outros alunos, que vão usar o que for produzido na própria alimentação. É uma forma de conscientizar as crianças e estimulá-las a cuidar do meio ambiente e da natureza”, avaliou.

A escola receberá um suporte técnico da comissão de Meio Ambiente da Câmara para acompanhar o andamento dos trabalhos da horta. A Câmara fez também a doação das sementes. A previsão é de que a primeira colheita das hortaliças ocorra dentro de um mês.

A solenidade contou, ainda, com a presença da direção pedagógica da escola, convidados, pais e responsáveis dos alunos, representantes do Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas (PM), do presidente da Câmara e presidente da Comissão, Hajime Ushida, e dos vice-cônsules do Japão, Akiko Kikuchi e Yoshinari Oda.

 

Texto: Paulo Rogério

Foto: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054