08/08/14 | 9:05
Coordenadores do Telecentro recebem capacitação para uso de ferramenta tecnológica

A Prefeitura de Manaus deu início, nesta quinta-feira, 7, à formação da ferramenta Netbil educacional para os coordenadores de Telecentro das escolas municipais das Divisões Distritais Zonais (DDZs) 1 e 7. O Netbil é uma lousa digital usada como auxílio pedagógico nas aulas ministradas pelos professores. A capacitação foi realizada por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), no laboratório de informática do Complexo Escolar André Vidal de Araújo, na Vila Amazonas, zona Centro-sul.

O coordenador pedagógico da Netbil, Mário Silva, explicou a importância da tecnologia na educação atual e explicou como usar a ferramenta. Segundo ele, as lousas podem ser usadas em todos os segmentos educacionais, desde a Educação Infantil até a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“O Netbil tem mais de 10 mil atividades interativas, distribuídas interdisciplinarmente. É importante salientar que não é necessária a utilização da internet para o programa funcionar. Então, é importante que os coordenadores de Telecentro conheçam o que o Netbil oferece  para auxiliarem os professores nas escolas”, disse.

Para a coordenadora pedagógica dos Telecentros da Semed, Alessandra Gaio, atualmente, usar o quadro tradicional e o livro didático para tentar chamar a atenção dos alunos não é o suficiente, por isso, utilizar as ferramentas tecnológicas se tornou essencial.

“Hoje em dia, todo professor precisa ‘linkar’ o pedagógico com o tecnológico. Por isso, os coordenadores de Telecentro são preparados para serem os multiplicadores na escola e dar suporte no tecnológico aos docentes. O objetivo é fazer uma inclusão digital do professor que está engessado no tradicionalismo e atrair o aluno para esse novo universo da educação”, explicou.

Luana Batista é coordenadora do Telecentro da Escola Municipal Vicente de Paula, no Japiim, zona Sul. Para ela, a formação amplia o conhecimento e as possibilidades de atuação com a ferramenta.

“As formações são importantes porque sempre conhecemos coisas novas. Na minha escola há muitos professores que me procuram para auxiliar as atividades e precisamos estar por dentro de tudo”, afirmou.

Revista em quadrinhos

A coordenadora do Telecentro da Escola Municipal Amine Daou Lindoso, Daniele Valente, conta que por meio do Netbil os alunos do 4º ano produziram uma revista em quadrinhos sobre o bullying.

“Eles pesquisaram sobre o tema, produziram histórias com desenho a mão e montaram o texto. Depois, dividimos os grupos, fizemos as fotos e montamos a revistinha. A história retratou uma situação de bullying dentro da escola. Ao final, apresentamos para todas as turmas. Hoje não tem como fugir disso. As crianças já nascem sabendo mexer no celular, no computador. A educação tem que acompanhar esse processo”, ressaltou.

Todos os coordenadores de Telecentros serão contemplados com as formações. As demais DDZs serão divididas nos dias 12, 14 e 19 de agosto.

 

TEXTO: Thiago Botelho

FOTOS: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054