02/09/15 | 17:34
Congresso Nacional dos Institutos Filippo Smaldone discute melhorias para a educação de alunos surdos

Abertura do V Cogresso dos Institutos Felippo Smaldone. Fotos Cleomir (24)Iniciou, nesta quarta-feira, 2, a 5ª edição do Congresso Nacional dos Institutos Filippo Smaldone. O tema deste ano é “Perspectivas atuais na Educação de Surdo” e o evento, que acontece na sede da unidade, no conjunto Campos Elíseos, Planalto, até sexta-feira, 4, conta com a participação de educadores e formadores do Centro Municipal de Educação Municipal (CMEE) André Vidal de Araújo, da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Durante os três dias de evento serão realizadas palestras com profissionais renomados na área de educação de surdos de todo País, apresentação do Programa de Implante Coclear (PIC), desenvolvido pelo CMEE André Vidal de Araújo, da Semed, que visa a reabilitação de crianças com Implante Coclear, além de apresentações culturais. O Instituto Filippo Smaldone é referência nacional em ensino para pessoas com deficiência.

Abertura do V Cogresso dos Institutos Felippo Smaldone. Fotos Cleomir (32)De acordo com a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, o fato de haver uma parceria há mais de 15 anos com o Instituto Filippo Smaldone tem trazido benefícios à demanda de alunos para cursar a partir do 5º ano na instituição. Para ela, o congresso e o intercâmbio de conhecimentos têm sido relevantes entre os dois seguimentos educacionais, no município de Manaus.

“Essa parceria com o instituto fortalece e consolida uma perspectiva que temos com relação a gestão da educação, que é o compartilhamento da nossa missão com a sociedade. Esse convênio nos rende uma troca de conhecimento enorme, onde se trabalha a inclusão e o direito de aprendizagem das crianças e jovens com deficiência”, explicou.

A diretora administrativa do Instituto Filippo Smaldone, irmã Elizete Maria Dourado, disse que o evento acontece de dois em dois anos em um dos Estados que têm unidades da instituição. Segundo a irmã, o pré-congresso realizado no dia 31 de agosto e na terça-feira, (1º) de setembro, foi um preparatório para o congresso em si, que abordará a troca de experiência entre profissionais da área de diversas regiões do País.

Abertura do V Cogresso dos Institutos Felippo Smaldone. Fotos Cleomir (61)“Esse evento é exatamente importante para nós revermos nossa forma de trabalhar com a criança, com o adolescente e com o surdo na questão que ele mais necessita. Não atribuímos apenas ao surdo, mas também aquele que necessita de um cuidado maior, ou seja, o que tem de novo na educação especial. A Semed é uma grande parceira nossa na educação especial e regular”, disse.

Presente na abertura do congresso nacional, a gerente de Educação Especial da Semed, Reni Formiga, mostrou-se otimista com a realização do evento e a participação dos profissionais do CMEE André Vidal de Araújo, pela possibilidade de troca de experiência com outros educadores de surdos do Brasil.

“O instituto realiza uma parceria muito boa com a Semed, onde nossos professores, assessores e fonoaudiólogos somam com o trabalho pedagógico realizado. Nós vamos ganhar muito com esse congresso, todo o aprendizado será importante para dinâmica das atividades com alunos surdos do município”, contou.

Texto: Paulo Rogério Veiga
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054