16/12/15 | 15:13
Concurso nacional de desenhos da Expedição Rios Voadores premia alunas de escola municipal

Rios Voadores 2016 (1)O concurso nacional de desenhos do projeto Expedição Rios Voadores, que atua na conscientização ambiental de estudantes de 18 cidades do Brasil, premiou as alunas Sarah Teodoro e Isabelly Pereira, ambas do 3º ano do Ensino Fundamental, da Escola Municipal Tereza Abtibol, localizada no bairro São Francisco, zona Sul. As obras vencedoras serão expostas no calendário de 2016 da Expedição, posteriormente distribuído em todo o país.

O desenho de Sarah retratou a importância de manter a floresta em pé, lembrando que uma árvore de 20 metros funciona como uma espécie de bomba d’água, sendo capaz de armazenar de forma gasosa cerca de mil litros de água. A arte premiada ficará estampada no calendário no mês de março.

foto (3)“Nesse projeto, eu aprendi a não destruir as árvores, a não contaminar os rios com lixo porque isso vai prejudicar as próprias pessoas. Quis mostrar isso no meu desenho e hoje, se eu ver alguém fazendo coisa errada, eu vou dizer que não podemos destruir a natureza”, disse a aluna, afirmando que antes desconhecia os efeitos da não preservação do meio ambiente.

Já Isabelly retratou como as águas do rio são transportadas por meio das nuvens para lugares bem distantes. O desenho dela será o do mês de junho. “Eu gosto de árvores porque elas dão frutos e eu desenhei um monte delas, com um rio e as nuvens. No projeto, eu aprendi que não podemos poluir o rio e derrubar as árvores porque tudo isso prejudica o meio ambiente”, explicou.

Rios Voadores 20162Projeto de arborização

A Escola Municipal Tereza Abtibol foi escolhida para fazer parte da Expedição Rios Voadores por já ter projetos voltados para o meio ambiente. A professora Marilene Brandão, que leciona na turma de Sarah e Isabelly, lembrou que há alguns anos a unidade de ensino não possuía nenhuma árvore, mas após uma ação de plantio de mudas, o local hoje, é bastante arborizado.

A professora explicou que durante as atividades da Expedição foram feitas visitas a igarapés da cidade, um deles inclusive, nos arredores da unidade de ensino. Ela acredita que esses valores ambientais ensinados para as crianças vão formar adultos com mais consciência ambiental.

foto (4)“A Expedição foi um desafio que lançamos para as crianças. Confesso que fiquei temerosa por não saber se eles iriam assimilar bem as atividades, mas graças a Deus tivemos bons resultados. Alunos de todo o Brasil participaram do concurso de desenho e elas duas foram contempladas, e ainda aprenderam pequenos conceitos que levarão para o resto da vida”, afirmou.

Expedição Rios Voadores

Por meio de pesquisas do projeto, iniciadas em 2007, foi constatado que o vapor d’água produzido pelos rios amazônicos e armazenados pela influência do oxigênio das árvores é capaz de “exportar” águas pluviais às regiões Sul e Sudeste do Brasil.

A partir de 2012, o projeto entrou na segunda fase e passou a englobar escolas municipais de 18 cidades do País, entre elas, Manaus. A ideia é levar conscientização ambiental aos estudantes e fazê-los entender que uma árvore em pé é capaz de captar até mil litros de água por dia, transformando-se em uma bomba natural que auxilia na produção de energia elétrica e agricultura, o que influencia diretamente na economia do país.

Texto: Thiago Botelho
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054