25/03/14 | 17:44
Comunitários da zona Leste criam agenda ambiental com auxílio da Semed

Órgãos municipais, líderes comunitários e gestores de escolas da rede municipal de ensino se reuniram, na manhã desta terça-feira (25), para construção de agenda ambiental que beneficiará moradores da Cidade do Leste, Grande Vitória, Castanheira e Novo Reino. A reunião aconteceu na Oca do Conhecimento Ambiental da Zona Leste, da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O programa promove oportunidades para o exercício da cidadania, onde a comunidade trabalha em conjunto com os órgãos públicos de Manaus. Neste encontro, os representantes dos bairros apresentaram as propostas para a melhoria da comunidade, visando o desenvolvimento sustentável. “Estamos construindo a Agenda 21 (acordo estabelecido entre 179 países para a elaboração de estratégias que objetivem o alcance do desenvolvimento sustentável) e estudando as problemáticas socioambientais. Nós já fizemos um diagnóstico dos problemas em parceria com os comunitários, assim como as secretarias, que trazem os projetos e desenvolvem as ações”, explicou a coordenadora da Oca do Conhecimento Ambiental Leste, Ângela Rotondano.

Para ela, o ‘pensar global e agir local’ define o objetivo da Agenda 21. “Acreditamos que aos poucos conseguiremos sensibilizar toda a comunidade. Estamos em um processo positivo onde as pessoas estão acreditando na mudança”, completou.

Representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas), Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e organizações não governamentais, ONGs, discutiram, junto com os comunitários, as propostas colocadas.

Entre as problemáticas identificadas pelos comunitários, estão a devastação e invasão de áreas verdes dos bairros, depredação de escolas, igarapés poluídos, queimadas urbanas e falta de saneamento básico. Para o líder comunitário do bairro Castanheira, Clauber da Silva Cavalcante, a parceria entre a Oca e os moradores trará resultados positivos. “Fizemos um levantamento de todas as ações prioritárias ambientais e, com essa organização e parceria, teremos maior êxito, principalmente porque os órgãos estão presentes e mais próximos de nós”.

Ele disse, ainda, que os projetos são fornecidos pelas secretarias municipais e depois são alocados e discutidos em grupos. “Trazemos os órgãos públicos para dentro das comunidades. A partir do momento que a agenda estiver concluída, faremos grandes reuniões com os moradores e divulgaremos nas rádios comunitárias e megafones todas as propostas estudadas para melhoria da comunidade”, informou.

Oca do Conhecimento Ambiental

As Ocas do Conhecimento promovem a interação da população com as questões socioambientais. O projeto foi idealizado pela Vara do Meio Ambiente e de Questões Agrárias (Vemaqa), mas é administrado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Cursos e palestras voltadas para a educação ambiental também são promovidas nas unidades. Atualmente, três Ocas estão em funcionamento, sendo uma no bairro Grande Vitória, outra Puraquequara, ambas na zona leste, e uma no bairro Nova Cidade, zona norte.

Na próxima sexta-feira (28), todas as Ocas abrirão inscrição para o curso de ‘Artesão em reaproveitamento do material vidro e latas’. As inscrições podem ser feitas nas Ocas, mediante apresentação de RG, CPF e comprovante de residência (cópia e original).

 

Texto: Luana Carvalho

Foto: Cleomir Santos/Semed

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 3632-2054