10/08/14 | 23:14
Cmeis da Semed apresentam a diversidade cultural brasileira em festas juninas

Professores e alunos da Secretaria Municipal  de Educação (Semed) apresentam a origem, curiosidades, ritmos, danças e lendas do Brasil. A apresentação da cultura brasileira foi demonstrada pelos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) Coração de Jesus e Santa Izabel, na noite deste sábado, em seus respectivos arraiais, reunindo pais, responsáveis e comunitários que moram no em torno das unidades de educação.

A festa do Cmei Santa Izabel, foi realizada  na quadra poliesportiva da Escola Municipal Alfredo Linhares, no Bairro  São Jose 1. Com o tema “Brasil e seus ritmos”, a unidade mostrou a história e a beleza da cultura brasileira, por meio da apresentação de 200 crianças entre 4 e 5 anos.

Os ritmos apresentados foram o axé, boi-bumbá, cantigas de roda, carimbó e o gospel. Alunos e professores dançaram e apresentaram o histórico de cada ritmo demonstrado. A pedagoga do Cmei Santa Izabel, Fernanda de Holanda, explicou porque a unidade escolheu trabalhar os ritmos brasileiros e a finalidade do evento.

“Pensamos trabalhar esta temática, justamente na época da copa do mundo deste ano e uma possível vitória da seleção. Infelizmente não foi possível, mas mesmo assim levamos a ideia em frente.  A preparação levou cerca de 40 dias com atividades nas aulas de referência, desenvolvendo atividades motoras, cognitivas e artísticas voltadas para nosso tema proposto”, destacou a pedagoga.

Cintia Ikuno, mãe de aluno e membro do conselho escolar do Cmei, participou diretamente do evento, durante sua preparação até a realização do festival. Ela destacou que a concretização do evento só foi possível porque toda comunidade escolar se mobilizou para realizá-lo.

“Para mim que tive a felicidade de contribuir diretamente na construção do evento, posso dizer que hoje estou realizando um sonho e que, também, estou orgulhosa por ter feito parte da equipe que possibilitou a realização de um evento tão bonito e grandioso como esse”, mencionou Cintia.

No final do festival, houve um bingo, tendo como prêmio um grande rancho. O arraial estava repleto de comidas e adereços típicos de festa junina.

Já o Cmei Coração de Jesus, localizado no Morro da Liberdade, apresentou  o folclore brasileiro com dramatizações de lendas, danças, cenários, exposição de painéis e outros.

As atrações trabalhadas no arraial foram a dança do  “Arco Colorido de Flores”, que é uma dança típica indígena, a do “Pula Fogueira”, “Dança da Peneira”, a “Quadrinha do Coração”, “ O Boi Sabidinho” e as lendas do “Rio Amazonas”, da “Mandioca” e a lenda “Noite e Dia”. Trezentos alunos do 1º e 2º períodos, além de seus respectivos professores fizeram parte das apresentações.

A gestora do Cmei, Madalena Lopes Lobo, enfatizou que o intuito do arraial foi trabalhar o folclore e lendas pouco conhecidas da Região Norte e o lado pedagógico com os alunos.

“Além de trazer à tona o folclore da nossa região, queríamos trabalhar o lado pedagógico. Para isso, trabalhamos durante quase 60 dias com eixos da linguagem, música e movimento e natureza e sociedade, que são eixos da educação infantil”, destacou.

O trabalho pedagógico foi realizado em sala de aula, por meio de pesquisas sobre o folclore, exposição e confecção de painéis e aulas direcionadas para todos os alunos do Cmei.

Para Regina Marques, mãe da aluna Hanna Beatriz, a festa foi um meio de entretenimento para ela e sua filha que é autista. “Estou adorando a festa e muito feliz porque estou me sentido em um ambiente familiar e, também, porque a minha, que é autista, está se sociabilizando e se divertindo”, disse a mãe.

A festa contou com a presença de mais de 300 pessoas e com  colaboração de todos os profissionais que atuam na unidade. No decorrer da festa, houve  desfile dos alunos reis e rainhas caipiras e no final um super bingo.

 

Texto e fotos: Emerson Felipe

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92)3632-2054