30/10/17 | 17:08
Cmei Balbina Mestrinho inaugura Horta Escolar

O Cmei Balbina Mestrinho, no bairro São José II, na Zona Leste de Manaus, inaugurou, na última semana, a Horta Escolar da unidade, desenvolvida por alunos e professores com recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Sustentável, do Ministério da Educação (MEC).

A implantação da horta aconteceu em três etapas: avaliação e diagnostico da área junto com a comunidade escolar; capacitações sobre compostagem e produção de mudas e construção dos espaços onde funcionarão os canteiros de hortaliças.

A Gestora do Cmei, Idalina Couto, explicou que a implantação da horta na unidade escolar tem o intuito de trabalhar a alimentação saudável com os alunos e também o cuidado das crianças ao plantar seu próprio alimento. “A horta é suspensa, feita com calhas, tem irrigação automática. Toda a comunidade participou, não só a unidade e o objetivo é estimular alunos, professores e toda a comunidade a produzir e consumir alimentos saudáveis”.

Ela explicou, ainda, que o experimento servirá de objeto de estudo interdisciplinar e os alunos terão a oportunidade de participar de todo o processo de plantio das hortaliças. Entre as vantagens de possuir uma horta na escola, está a produção e consumo de alimentos naturais, além de atividades ligadas à culinária na escola, troca de conhecimentos, inserção de assuntos como a economia doméstica e influência nas escolhas alimentares das crianças.

Para a pedagoga da unidade, Lívia de Holanda, destacou o cuidado dos alunos no plantio das mudas. ‘‘As crianças estavam entusiasmadas plantando. Nós colocamos os alunos para terem contato com a natureza e eles gostaram muito.  Agora nós temos um compromisso de dar continuidade ao trabalho que faz parte da nossa agenda ambiental’’, completou.

PDDE Sustentável

Mais de 50 mil alunos de 60 unidades da rede municipal de ensino realizam uma experiência diferente com o projeto de hortas escolares, que está sendo implantado nas unidades das zonas urbana e rural (ribeirinha e rodoviária) de Manaus.

Os espaços são mantidos por recursos recebidos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio do PDDE, que destina verbas em caráter suplementar para escolas públicas de Educação Básica. Um técnico agrícola da Semed orienta as unidades escolares sobre como devem ser o cuidado com as mudas, a plantação e a colheita das frutas, verduras e legumes.

 

Texto: Patryck Vieira

Fotos: Divulgação Escola

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054