16/12/14 | 8:14
Cmei avança para próxima etapa do Programa Nacional de Educação Viária

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Paulo Herban Jacob, na Colônia Terra Nova, zona Norte, participou na última sexta-feira (12) da primeira fase do 9° Encontro Nacional do Programa Educação Viária é Vital, em São Paulo. O evento foi organizado pela Fundação Mapfre e reuniu projetos da temática do trânsito com instituições de ensino de todo País.

Com o objetivo de construir valores éticos e morais sobre a circulação e respeito ao espaço escolar com relação ao trânsito, a professora responsável pelo projeto, Marcya Gabryelle Freitas Santos, disse que as 334 crianças da escola são beneficiadas com a temática da educação para o trânsito. Segundo a educadora, a participação da escola na capital paulista foi uma experiência muito válida para construção da cidadania e educação das crianças.

“Foi muito importante à escola participar do encontro, porque vimos experiências de outros Estados e municípios do Brasil. Muitas atividades foram avaliadas por nós no evento, que serão absorvidas em relação a questão do trânsito. Foi muito bom tudo isso, porque nós trouxemos outras experiências para colocar em prática em nossa escola”, disse a professora, que teve 15 minutos para mostrar os objetivos, atividades e os resultados durante o desenvolvimento do projeto.

Aprendizado

Para Marcya Gabryelle, o fato de conhecer a metodologia de outros projetos executados em escolas públicas do País, servirá de modelo para implantar no Cmei Paulo Herban Jacob. Segundo ela, todo conhecimento adquirido será em prol do processo ensino e aprendizagem das crianças da escola.

“Nós percebemos que muitos Estados e municípios fazem parcerias com alguns órgãos, como por exemplo o Detran, que ajuda bastante na questão de palestras, sinalização próximo às escolas, enfim, a partir dessas ideias vamos fazer parcerias de um modo geral. Para o próximo ano, nós pretendemos expandir nosso projeto para alavancar mais ainda dentro da escola e da comunidade”.

Próxima etapa

A professora responsável pelo projeto revelou que a segunda etapa envolverá os alunos, mas também a comunidade em torno da escola. De acordo com a educadora, será uma fase mais ampla, que também alcançará os moradores.

“Essa nova fase vai envolver a comunidade em torno da escola, ou seja, não somente as crianças, mas os pais. Vamos fazer as parcerias para realizarem palestras com os pais e responsáveis sobre a questão do trânsito – comentou e afirmou que a escola já tem participação garantida na segunda fase do projeto em âmbito nacional no ano que vem.

A Fundação Mapfre tem como um de seus objetivos contribuir com a formação do cidadão, disseminando valores e cultura para a sociedade como um todo, apostando em iniciativas inovadoras.

 

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054/ 98842-1188