06/05/19 | 8:42
Centro municipal apresenta o projeto ‘O lúdico e as inteligências múltiplas na educação infantil’

O Centro Municipal de Educação infantil (Cmei) Eliakin Rufino, localizado na rua Santa Bárbara, bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, apresentou na tarde desta sexta-feira, 3/5, o projeto “O lúdico e as inteligências múltiplas na educação infantil”. O evento integra a proposta daPrefeitura de Manaus, que tem como objetivo incentivar o desenvolvimento das crianças e a participação da família nas ações realizadas pelo Cmei.

O centro possui mais de 150 alunos, distribuídos em 12 turmas, sendo quatro de 1º período e oito de 2º período. O projeto foi idealizado pela gestora Jucyara Melo, em parceria com o corpo pedagógico e a empresa Yupi – Casa de Brincar, de acordo com a missão do Cmei, que visa proporcionar ao educando o desenvolvimento intelectual, emocional, físico e social, complementando a ação da família e da comunidade.

As atividades realizadas, de acordo com Jucyara, irão auxiliar o cumprimento do currículo da educação infantil, pois estarão atreladas ao desenvolvimento das capacidades humanas, na perspectiva de que a criança é o centro do planejamento.

“Eu me encantei pela proposta de desenvolver as inteligências múltiplas por meio das modalidades de artes, músicas e movimento. Quando observei a Yupi, notei que as realidades não eram distantes, eu percebi que era possível trazer o projeto para a rede pública. Então fui sempre buscando uma forma de trabalhar”, explicou a gestora.

O projeto busca trabalhar três eixos: o movimento, a música e as artes plásticas; ampliando o crescimento da criança por intermédio de uma forma convencional e não convencional, trabalhando assim a criatividade, tornando-se um instrumento facilitador para que a prática educativa e o processo de ensino aprendizagem sejam realizados de forma enriquecedora e prazerosa.

A Yupi – Casa de Brincar participou ativamente do projeto, disponibilizando aos professores uma formação técnica e formativa, sendo essa uma das partes primordiais da parceria com o centro municipal. Além disso, as proprietárias Mariana Tapajós e Thais Cavalcante estiveram no Cmei para conversar com as professoras e disponibilizaram livre acesso ao espaço, a fim de acompanhar e proporcionar uma troca de experiências entre a rede pública e privada.

Sala lúdica

Ainda na tarde desta sexta-feira, o Cmei inaugurou uma sala lúdica, com o objetivo de explorar os sentidos da criança. “Na sala lúdica a criança vai trabalhar o movimento e a capacidade psicomotora”, explicou a professora Merloni Rocha Santos.

A sala inaugurada possui cortinas de fitas, brinquedos variados que estimulam a psicomotricidade, jogos, bichos de pelúcia, instrumentos musicais como o tambor, e fantoches, que podem ser usados para contar histórias, contos, além de estimular a imaginação da criança.

Ainda segundo Merloni, a implementação do projeto pode colaborar com o desenvolvimento da criança em diversas áreas, desde a coordenação motora, até incentivar a amizade e o compartilhar. “Quando o aluno olha para a sala lúdica, o subconsciente dele já interliga ao brincar, o que incentiva até mesmo a assiduidade dos alunos. A sala é um instrumento para potencializar o desenvolvimento das capacidades da criança de uma forma divertida”, observou.

Para a dona de casa Adriane Espinosa, mãe do aluno Dilan Suniara, o projeto é um ótimo incentivo. “Meu filho ama dançar e cantar, quando ele entrou na sala foi direto tocar o tambor”, destacou.

— — —

Texto: Jéssica Salomão / Semed

Fotos: Eliton Santos / Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054