Archive for the ‘noticias’ Category

Alunos da rede municipal participarão de programa de reforço escolar pioneiro no País

segunda-feira, abril 27th, 2015

Uma parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semed) com o Instituto Ayrton Senna (IAS), que trabalha há mais de 20 anos com programas educacionais no País, fará de Manaus a primeira cidade a receber, a partir de maio, as ações do Programa Pit Stop, que trabalha no reforço escolar de alunos com déficit de aprendizagem do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Junto ao Fórmula da Vitória, que contempla estudantes do 6º ao 9º ano, mais de 3,5 mil alunos de 79 escolas municipais serão beneficiados.

As informações foram divulgadas na manhã desta segunda-feira, 27, no Auditório Maria Hercília da Unidade 6, da Uninorte, Centro, durante o lançamento da formação de 180 professores da rede municipal de ensino, que atuarão nos programas de reforço escolar ‘Pit Stop’ e Fórmula da Vitória’.

As ações dos programas contemplam, além do apoio pedagógico aos professores, a distribuição de livros didáticos para os alunos. O IAS é uma entidade sem fins lucrativos, portanto o acordo de cooperação técnica firmado com a Semed não terá custos para a Prefeitura de Manaus.

Além do Pit Stop e Fórmula da Vitória, o Se Liga e o Acelera, programas que atuam para erradicar a distorção idade-série dos estudantes, fazem parte da parceria. Estes já estão em funcionamento nas escolas do município desde fevereiro atendendo quase seis mil alunos. Ao todo, mais de dez mil estudantes da rede participarão de programas que visam à redução da distorção e dos déficits de leitura e escrita na rede. As aulas acontecerão três vezes por semana, no contraturno escolar.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, o Instituto Ayrton Senna vai ajudar a Semed na melhoria da qualidade do processo de ensino e aprendizagem dos alunos. Ela destacou, ainda, que investir no reforço voltado para a alfabetização e letramento trará benefícios ao rendimento escolar dos estudantes.

“Nós temos graves problemas com distorções na idade/ano e com crianças que chegam no 3º ano (do Ensino Fundamental) sem estar plenamente alfabetizadas. Esse trabalho de reforço é para tentar suprir e superar essas dificuldades e nós vamos colher esses frutos, não só na melhoria do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), mas na qualidade da aprendizagem dos alunos”, afirmou.

A coordenadora municipal do Instituto Ayrton Senna na Semed, Neuza Viana, o Pit Stop e o Fórmula da Vitória são programas inovadores de reforço escolar e trarão benefícios para a rede municipal de educação.

“O reforço vai trabalhar o desenvolvimento das habilidades e competência leitoras tanto nos anos iniciais quanto nos anos finais. Cada aluno vai receber um livro de português e matemática. Então, não é somente aquele reforço que estamos acostumados a ver, com uma cadeira, um caderno, aquele negócio parado, muito concentrado. Vai ser, além disso, um reforço lúdico, onde a criança vai estar convidada a fazer parte deste conhecimento, a construí-lo cotidianamente”, disse.

Experiências exitosas

O Instituto Ayrton Senna (IAS) tem 20 anos de atividade e já trabalhou em 19 estados do Brasil e mais de 700 cidades. Segundo a gerente de Projetos do IAS, Rita Paulon, em todos os locais por onde o Instituto passou, houve mais de 86% de melhoria na alfabetização e aceleração dos estudantes. Em Manaus, o objetivo é chegar em 95%. Ela garante que a meta ousada é perfeitamente possível de ser alcançada.

“A meta é ousada, mas acreditamos que vamos conseguir porque existe comprometimento da equipe técnica da Semed. Todos estão engajados em conseguir superar esses desafios. Já formamos mais de 65 mil educadores e trabalhamos anualmente com 1,8 milhões de alunos em todo o País. Sempre tivemos êxito, porém o êxito é fruto deste comprometimento”, afirmou.

TEXTO: Thiago Botelho

FOTOS: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

 

Parceria garante curso de informática gratuito para idosos frequentadores do PMI

segunda-feira, abril 27th, 2015

A Escola Municipal José Carlos Mestrinho, na Vila Amazonas, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus, realizou o lançamento do Curso de Informática Básica para Idosos, na manhã desta segunda-feira, 27. O curso vai até o dia 24 de junho e beneficiará 35 frequentadores do Parque Municipal do Idoso (PMI). A iniciativa faz parte de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed), a Fundação Doutor Thomas (FDT) e o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).

O projeto visa atender o público da terceira idade que tem pouco contato com o computador e a internet. As aulas serão realizadas nas salas do Telecentro da escola, com sistema Netbil, em 11 computadores – todos integrados em rede e com internet, no período de segunda a sexta-feira, em duas turmas, com início às 7h30 e término às 11h30.

“Como o Parque do Idoso não tem uma sala de informática, nós resolvemos atendê-los nesse sentido de interagir com o computador e a novas tecnologias. É legal tudo isso, porque esses idosos vão estar no mundo mágico da internet e com um instrutor do Cetam para ensiná-los”, explicou a diretora da escola, Conceição Aguiar, ao destacar que já há idosos no cadastro de espera para fazer o curso em outra oportunidade

O instrutor do Cetam, Alex Lima Pedroso, responsável pelo curso, disse que utilizará uma didática diferente para este público. Segundo ele, toda atenção possível será prestada para que o idoso esteja usando as ferramentas da internet e informática ao término do curso.

“É uma metodologia diferente porque são idosos e merecem um pouco mais de atenção. Vamos fazer uma explicação do conteúdo, mostrar slides dentro de uma linguagem que eles possam entender. Nesse primeiro dia, eles aprenderam a manipulação do mouse. Vou trabalhar com uma hora de aula teórica e depois uma na parte prática”, explicou a didática.

Com uma pequena noção de computador, a aposentada Francisca das Chagas Pereira de Souza, 63, ficou feliz pela oportunidade de aprender um pouco mais sobre como usar um computador.

“Já usei um computador antes, mas sem muita técnica. Acho ótimo esse curso, porque nem todas (as pessoas) têm a chance de ter um computador em casa. Hoje em dia, temos que saber de tudo um pouco, inclusive mexer em um aparelho desse. Meus netos têm computador em casa e agora com esse curso vou usar melhor”, avaliou.

Ao final do curso de informática básica, os participantes receberão um certificado que será entregue no auditório do Parque Municipal do Idoso.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Divulgação/ escola

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Escola Municipal Magalhães Cordeiro realiza 1ª Semana da Literatura

segunda-feira, abril 27th, 2015

Com a proposta de integrar toda a comunidade acadêmica, a Escola Municipal Raimundo Nonato Magalhães Cordeiro, localizado no Amazonino Mendes, Zona Norte de Manaus, iniciou, nesta segunda-feira, 27, a 1ª Semana da Literatura Amazonense. No primeiro dia, 600 alunos do 6º ao 9º do Ensino Fundamental se mobilizaram para realizar uma apresentação teatral, envolvendo música e dança, buscando personagens da literatura amazônica e fazendo uma reflexão sobre a preservação do meio ambiente. Nesta terça-feira, 28, a unidade escolar receberá a escritora Ana Peixoto e o cantor Zezinho Corrêa, que serão homenageados pelos alunos.

Para a secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, que prestigiou a apresentação dos alunos, a integração entre professores, gestores e os estudantes mostra a vontade da instituição em superar o baixo rendimento no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Ela disse que esta foi a segunda vez que esteve na unidade de ensino e mais uma vez se surpreendeu com o esforço que vem sendo feito para superar as dificuldades.

“Na entrada, observamos que a nota do Ideb ainda está abaixo do ideal. No entanto, a gestora e os professores juntos com os alunos estão empenhados em reverter esse quadro com um belíssimo trabalho. Não é apenas reverter de qualquer maneira, mas de um processo de valorização de todo o potencial que eles têm aqui, envolvendo os adolescentes e professores, trabalhando em cima de uma nova realidade. O índice será apenas um reflexo do que eles já estão fazendo”, avaliou.

A gestora da escola, Francisca Mourão, afirmou que durante toda esta semana serão realizadas atividades culturais para envolver toda a comunidade acadêmica. Segundo ela, os trabalhos apresentados, nesta segunda-feira, foram idealizados pelos próprios alunos do turno matutino. “A apresentação serviu para identificarmos as potencialidades de cada aluno por meio da dramatização, dança e canto. Eles (alunos) mostraram o que têm de melhor. É uma forma de desvincularmos a versão negativa que a escola tem no município e ainda valorizá-los”, revelou.

Para o aluno Bruno Mendes, 14, que viveu na peça teatral o personagem “Jacanelson”, líder dos jacarés, as atividades expuseram os trabalhos e os potenciais de cada colega. “Mostramos um pouco do que somos capazes de fazer. Queremos que isso seja valorizado. É sempre um prazer fazer esse tipo de interpretação na escola ainda mais com os colegas de sala de aula”, contou.

 

Texto: Auriane Carvalho

Foto: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Professores da rede municipal participam de Seminário sobre Alfabetização Matemática

segunda-feira, abril 27th, 2015

Professores do 1º ao 3º ano da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participaram, neste sábado, 25, do Seminário de Socialização das Experiências Compartilhadas na Formação Continuada em Alfabetização Matemática, do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic). O evento reuniu trabalhos desenvolvidos em sala de aula por cerca de dois mil professores de 358 escolas da rede municipal.

O Seminário aconteceu simultaneamente durante todo o dia em seis escolas de seis Divisões Distritais Zonais (DDZs). Na DDZ 1, o encontro ocorreu na Escola Municipal Dr. Sérgio Pessoa de Figueiredo, na DDZ 2 aconteceu na Escola Municipal Desembargador Candido Honório Ferreira, já na DDZ 3, foi na Escola Municipal Jornalista Sabá Raposo, e na DDZ 4 na Escola Municipal Jarlece Zaranza. Também ocorreram encontros na DDZ 5, na Escola Municipal Leonor Uchoa e na DDZ 6, na Escola Municipal Ignês de Vasconcelos. O encontro da DDZ 7 vai acontecer no próximo dia 30, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Semed, na Avenida Maceió, zona Centro-Sul de Manaus.

O Pnaic é um compromisso formal assumido pelos governos federal, estadual e municipal de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os 8 anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental. De acordo com a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, que visitou o seminário na Escola Municipal Desembargador Candido Honório Ferreira, no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste, este é um dos programas mais importantes dentro da secretaria e que visa à melhoria na educação.

“Nós já identificamos que um dos maiores problemas na nossa rede é superarmos alguns desafios básicos referentes ao letramento e ao aprendizado da matemática. O que vi hoje foi um produto de todo esse trabalho de formação do Pnaic, o desenvolvimento de várias ferramentas metodológicas bastante criativas, muito simples, mas profundamente revolucionárias no aprendizado. O depoimento dessas professoras, que adoraram a formação, que aprenderam como ensinar melhor, é motivador.  Tenho certeza que este ano já vamos colher melhores resultados”, informou.

Segundo a coordenadora local do Pnaic, Regiane Ramos Chaves, o programa atende cerca de dois mil professores de 358 escolas da rede municipal de ensino, contando com 74 orientadores que conduzem turmas de até 25 professores alfabetizadores. A coordenadora explicou, ainda, como se dá a formação e a importância na vida escolar do aluno em fase de alfabetização e letramento.

“Estamos encerrando mais um ano de formação do Pnaic. Este é o ano de alfabetização matemática. Hoje, é dia dos professores socializarem, dentro do seminário, todas as experiências que aconteceram durante os dez meses de formação, em que eles desenvolviam a alfabetização que aprendiam na formação, em sala de aula com os alunos. A formação tem como objetivo melhorar a prática do professor em sala de aula, desenvolver técnicas através de jogos, do lúdico, sair um pouco da rotina dos livros e assim, por meio da “brincadeira”, alfabetizar os alunos na matemática”, explicou, acrescentando que a formação acontece em todos os polos e tem a duração de três anos, sendo trabalhada no primeiro ano a linguagem, no segundo ano a matemática e no terceiro ano, que vai iniciar no próximo mês de junho, a etapa de ciências.

Para a professora Steliany Santigo, que leciona na Escola Municipal Benjamin Matias Fernandes, localizada no Viver Melhor, a formação do Pnaic torna os professores mais dinâmicos e eleva o conhecimento pedagógico.

“Para mim, que estou participando desde a primeira etapa, a formação está ampliando o conhecimento na área pedagógica, pois começamos a ver que o jogo e o lúdico podem ser trabalhados desde a língua portuguesa até a disciplina de ciências. Eu cheguei a aplicar a matemática em minhas aulas de ciências, trabalhando com o meio ambiente. Passamos a mudar de postura, nos tornando mais dinâmicos, professores que se preocupam mais com os alunos para que estejam, realmente, aprendendo os conceitos na forma prática”, destacou.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Semed espera 155 aprovados em concurso de 2014 a partir desta segunda-feira

segunda-feira, abril 27th, 2015

A partir desta segunda-feira (27), 155 aprovados no concurso público da Secretaria Municipal de Educação (Semed) de 2014 devem comparecer a sede da secretaria, na Avenida Maceió, Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus, para receber orientações quanto aos procedimentos pré-admissionais e checagem de pré-requisitos para tomarem posse.  A convocação dos aprovados foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) da última quinta-feira, 23, edição nº 3633.

Os 150 pedagogos e cinco professores de Educação Física chamados devem comparecer a sala 113 da sede da Semed. O prazo para comparecimento vai até o dia 26 de maio, das 8h às 12h.
Segundo a chefe da Divisão de Pessoal da Semed, Altina Magalhães, a convocação vai suprir necessidades mais urgentes de profissionais nas escolas. Após a entrega da documentação necessária, a admissão será imediata. Segundo Magalhães, a lista dos documentos necessários para a posse está disponível no edital do concurso.
“Estávamos com uma defasagem na área pedagógica, principalmente no cargo de pedagogo e professor de Educação Física e como nós tínhamos o cadastro de reserva do concurso público realizado em 2014 nós fizemos esta convocação. São 150 pedagogos e cinco professores de educação física para a admissão imediata. Conforme foi publicado, eles têm 30 dias para o comparecimento e a apresentação da documentação exigida”, informou.
Entre os itens solicitados dos convocados, estão RG, CPF, foto, Comprovante de Residência, Título de Eleitor e documentos de dependentes, de acordo com o edital do concurso.
 
Os 155 profissionais chamados serão distribuídos nas Divisões Distritais Zonais (DDZs) de acordo com a demanda das unidades escolares. De acordo com Magalhães, os cinco professores de Educação Física mais 11 pedagogos irão para a DDZ 2, quatro pedagogos para a DDZ 1, outros 40 para a DDZ 3, mais 36 para a DDZ 4, além de 15 para a DDZ 5 e mais 44 pedagogos para a DDZ 6.
 
 
TEXTO: João Pedro Figueiredo

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

 

Representantes da Semed participam de audiência pública em comunidade indígena

sexta-feira, abril 24th, 2015

Servidores do Departamento de Planejamento (Deplan), da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participaram nesta quinta-feira, 23, de uma audiência pública convocada pela Câmara Municipal de Manaus (CMM), por meio da Comissão de Educação (Comed). O encontro aconteceu na comunidade indígena Três Unidos, na entrada do Rio Cuieiras, e teve como pauta principal ouvir reivindicações dos comunitários sobre a situação das escolas situadas na calha do Rio Negro.

Além dos comunitários, estiveram presentes os vereadores que compõem a Comissão de Educação da CMM, presidida pela vereadora Therezinha Ruiz. A reunião foi uma indicação do vereador Waldemir José, que visitou três escolas da comunidade rural e entregou um relatório à Semed para que fosse tomado o conhecimento e fosse apresentado um relatório com providências que serão tomadas, a fim de sanar as pendências encontradas por ele.

De acordo com a chefe do Deplan, Maria Josepha Chaves, dentre as reivindicações apresentadas na audiência pública estavam: a contratação de professores para zona rural por meio de processo seletivo; um processo seletivo específico para língua indígena, uma vez que naquela região existem várias comunidades que mantem a cultura e se formam de forma bilíngue; atraso na merenda escola; fardamento e a parte estrutural das escolas.

Ainda de acordo com Maria Josepha, foi repassado para os presentes, a pedido da secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, que a Semed está fazendo o possível para resolver os problemas de infraestrutura o mais rápido possível.

“O recado passado pela secretária Kátia foi de que não mediremos esforços para tentar, até o final do mês de maio, resolver todas as pendências de reforma que estiverem dentro do contrato estendido pela secretaria na zona rural, ribeirinha e rodoviária”, informou.

A previsão, repassada pela Semed aos comunitários e membros da comissão de educação, é que sejam construídas dez escolas na zona ribeirinha, além da previsão de reforma e ampliação de oito escolas, todas na calha do Rio Negro.

Outras medidas que foram apresentadas pelos comunitários e que serão analisadas pela Semed foram as questões de construção de alojamento para os professores, presença de monitores nas lanchas que fazem o transporte escolar e a demora para a chegada de merenda e fardamento em algumas escolas.

“O país inteiro está passando por um momento delicado na economia e com a Prefeitura de Manaus não é diferente, com isso nós tivemos que rever alguns projetos. Estes passaram por metodologias construtivas e serão apresentados para aprovação da secretária, junto com representantes da Seminf, será elaborada uma planilha orçamentária e foi dado o prazo de até o final de junho para que no segundo semestre a gente possa iniciar a licitação dessas obras, onde os alojamentos para os professores já devem ir dentro do projeto. Com relação a merenda e fardamento, os comunitários foram bem tranquilos em entender que enfrentamos uma logística grande, difícil de se resolver da noite para o dia, e que isso acaba fazendo com que haja algum atraso em determinadas escolas”, relatou Maria Josepha Chaves.

A chefe do Deplan ressaltou a forma respeitosa como aconteceu a audiência pública e que o quadro de professores se torna difícil de ser fechado por conta de desistência dos professores ou daqueles que não conseguem aprovação no concurso público.

“O prefeito Arthur Neto está dando apoio total às comunidades, conseguindo solucionar parte destas solicitações, o trabalho feito pela professora Edilene Pinheiro, da divisão rural, também está sendo muito importante para nós. Vale ressaltar que a Prefeitura de Manaus não deixou de realizar concursos públicos, porém, infelizmente tem aqueles professores que não comparecem, que não foram aprovados e muitos que desistem de seguir a carreira. Com isso, existe também uma grande dificuldade de lotá-los fora da cidade”, concluiu.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Divulgação

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Horta escolar é implementada no Cmei Profº Wilson Mota

sexta-feira, abril 24th, 2015

Uma sala de aula diferente. Assim foi o métodopedagógico utilizado pelo Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Profº Wilson Mota, localizado no bairro Redenção, na tarde desta sexta-feira, 24. A aula aconteceu na parte no pátio da escola com a implantação do Projeto “Minha Horta Amiga”. Durante a atividade os alunos fizeram “transplantio”, transferindo mudas que estavam em copos plásticos para garrafas pets e canteiros, feitos com carcaças de geladeiras.

A ação faz parte do plano ambiental da Gestão Integrada da Escola (Gide) da Semed e contempla as experiências 8 e 10 das diretrizes  da proposta curricular de Educação Infantil. A ação promove o contato da criança com a natureza, a interação, o cuidado e a preservação da biodiversidade e da sustentabilidade da vida na terra.

A horta esta localizada no pátio da escola, onde os alunos realizam diversas atividades extracurriculares e lúdicas. Ela está em um espaço com cerca 40 metros quadrados.  Tomate cereja, couve, alface americana, pimentão, coentro, salsa, hortelã, manjericão. Dentre as espécies existentes na horta, há folhosas, tubérculos, frutos, raízes e sementes.

A ideia de implementar uma horta escolar na unidade escolar existe desde 2013, mas só foi executada no ano de 2015. Ela contempla três pilares, como explicou a responsável pelo projeto e a pedagoga da unidade, Gabriela Karolina.

“O projeto foi pensando desde 2013, mas só foi executado neste ano. O projeto é baseado em três pilares. O primeiro é sustentabilidade, que leva a criança a aprender a respeitar o meio ambiente, com  pequenos gestos, como não jogar garrafas pets e resíduos sólidos que poderiam poluir rios e igarapés, para transformar em algo útil. O outro pilar é a cooperação que visa à socialização entre os alunos e o projeto, porque cada criança tem uma plantinha para cuidar. No ultimo, é trabalhada a saúde, onde buscamos promover reeducação alimentar e bons hábitos alimentares entre nossos alunos”, destacou a mentora do projeto.

A pedagoga ainda ressaltou que o principal objetivo da unidade em implementar a horta é disseminar práticas ambientais, sustentáveis e saudáveis dentro do espaço escolar.

A horta vai beneficiar 126 alunos da unidade. A primeira colheita será  em julho. A partir daí, eles serão inseridos na merenda escolar das crianças. Sobre isso, a gestora da unidade, Berenice da Silva, destacou os benefícios que haverá com implantação da horta escolar na unidade.

“Com a horta, proporcionaremos melhorias na alimentação com o aumento de condimentos e temperos, que serão agregados às refeições diárias das crianças, oferecendo com isso uma merenda escolar mais rica e uma alimentação mais saudável”, descreveu a gestora.

Texto: Emerson Felipe

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

 

Escritora Ana Peixoto participa de atividades pedagógicas de escola municipal

sexta-feira, abril 24th, 2015

Alunos do 1º e 2º período da Educação Infantil da Escola Municipal Maria Lena de Souza Alcântara, no Conjunto Vila Real, Cidade Nova 2, zona Norte de Manaus, assistiram à dramatização “Bichos da Amazônia”, na manhã desta sexta-feira, 24. O evento fez parte das atividades pedagógicas do programa “Viajando na Leitura”.

Para a professora do 1º período, Nívia Cardoso, o fato das crianças assistirem a peça é algo marcante e serve como aprendizado, uma vez que não são apresentados apenas os animais da Amazônia, mas principalmente sua importância para o meio ambiente.

“A dramatização contribui bastante para a compreensão dos alunos, porque eles estão vendo como são os animais. A história já foi contada antes para eles, mas esse momento é fundamental para o intelecto e acrescenta muito para o conhecimento deles”, comentou a educadora, salientando que foi feito um trabalho anterior na contação de histórias e desenhos feitos pelos próprios alunos em sala de aula. 

Autora da obra literária infanto-juvenil, a escritora, poetisa e ex-professora, Ana Peixoto, apresentou a peça que teve os educadores da escola vestidos de personagens da fauna e flora amazônica. Para ela, as crianças aprendem mais ao ver de perto o tema.

“A minha intenção é que essas crianças descubram que podemos conviver com os bichos da Amazônia. O importante é que possamos trabalhar a ludicidade ao ler, ouvir a história e depois alguém aparece vestido de bicho de forma lúdica. Alguns se assustam, mas outros brincam com eles. O meu recado é que eles cuidem da natureza e se acostumem em ver esses animais”, argumentou.

A aluna do 1º período, Stephany Camilly, 4, mesmo pequena, disse que aprendeu muito mais sobre os animais da nossa região ao ver a peça. Para ela, foi um momento especial e de muita alegria. “Eu aprendi tudo sobre esses bichos, como a cobra, a onça, o jacaré, sem contar da história que diz como eles vivem na floresta”, disse.

Além da obra da literatura infanto-juvenil Bichos da Amazônia de Ana Peixoto, as crianças da escola também trabalharam “A frutas do meu quintal” e “Bichos do meu quintal”.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Escola Municipal Maria Lena reúne pais em palestra sobre “Família e Negligência”

sexta-feira, abril 24th, 2015

Pais e responsáveis por alunos da Escola Municipal Maria Lena de Souza Alcântara, Conjunto Vila Real, Cidade Nova 2, zona Norte, assistiram a palestra “Família e negligência”, na manhã desta sexta-feira, 24. A equipe multidisciplinar do Centro Municipal de Atendimento Sociopsicopedagógico (Cemasp) Polo 2 foi a responsável pelo encontro pedagógico.

O encontro teve o objetivo de estimular uma participação maior dos pais na vida escolar dos alunos. A palestra ressaltou que a coparticipação da família junto com escola pode refletir na melhoria do processo de ensino e aprendizagem dos alunos da Educação Infantil e do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental.

Segundo a pedagoga da escola, Marly Mendes Sá, foi constatado que os alunos precisavam, além do reforço escolar, de uma participação mais próxima dos pais no acompanhamento do desempenho escolar das crianças.

“Nós vimos a necessidade de chamar a equipe do Cemasp pela quantidade de faltas e atividades de casa sem serem feitas pelos alunos. A criança sozinha não consegue esse progresso e precisa de alguém para orientar nas atividades de casa. Percebendo isso, esse ano nós fizemos a parceria com o Cemasp para nos ajudar, pois é importante que a comunidade escolar fique de mãos dadas com a escola”, completou.

De acordo com a assistente social do Cemasp do Polo 2, Maria Benedita, uma das palestrantes, o encontro se faz necessário para que os pais tenham consciência de que a casa é uma extensão da escola no processo de ensino e aprendizagem dos filhos.

“Foi falado sobre a importância do acompanhamento deles na vida escolar, mas não só isso, principalmente dando amor, carinho, afeto e estando presente na escola. A família tem certas obrigações para seus entes, onde a falta desse comprometimento pode ser penalizada de acordo com o Estatuto da Criança e Adolescente, caso seja denunciada. Cabe a família cuidar de sua criança e acompanhar como ela está na escola”, finalizou.

O autônomo Frank dos Santos Reis, 43, disse que sempre está presente na escola para acompanhar seus filhos, de 4 e 5 anos. Para o pai, a palestra foi muito boa para orientar como lidar com as crianças em casa.

“O que aprendi na palestra vai me ajudar com meus dois filhos. Apesar de já ter uma orientação, é bom sempre ter mais informações de profissionais capacitados para educá-los melhor”, frisou.

A coordenação pedagógica da escola já agendou com a equipe multidisciplinar, do Cemasp do Polo 2, as palestras “Afetividade e agressividade” e “ Limites e disciplina”

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Semed convoca 155 aprovados do concurso público de 2014

sexta-feira, abril 24th, 2015

A convocação de 155 aprovados no concurso público da Secretaria Municipal de Educação (Semed) foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira, 23, edição nº 3633. Os 150 pedagogos e cinco professores de Educação Física chamados devem comparecer a sala 113 da sede da Semed, na Avenida Maceió, Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus,  a partir da próxima segunda-feira, 27.  Mais informações no 3632-2224.

O prazo para comparecimento vai até o dia 26 de maio, das 8h às 12h. No local de apresentação, os convocados vão receber orientações quanto aos procedimentos pré-admissionais e checagem de pré-requisitos para tomarem posse.

De acordo com a chefe da Divisão de Pessoal da Semed, Altina Magalhães, a convocação deve suprir uma necessidade mais urgente de profissionais nas escolas. Ressaltou, ainda, que  após a entrega da documentação necessária, a admissão será imediata. Segundo Magalhães, a lista dos documentos necessários para posse está disponível no edital do concurso.

“Estávamos com uma defasagem na área pedagógica, principalmente no cargo de pedagogo e professor de Educação Física e como nós tínhamos o cadastro de reserva do concurso público realizado em 2014 nós fizemos esta convocação. São 150 pedagogos e cinco professores de educação física para admissão imediata. Conforme foi publicado, eles têm 30 dias para o comparecimento e a apresentação da documentação exigida”, informou.

Entre os itens solicitados dos convocados, estão RG, CPF, foto, Comprovante de Residência, Título de Eleitor e documentos de dependentes, de acordo com o edital do concurso.

Os 155 profissionais chamados serão distribuídos nas Divisões Distritais Zonais (DDZs) de acordo com a demanda das unidades escolares. De acordo com Magalhães, os cinco professores de Educação Física mais 11 pedagogos irão para a DDZ 2, quatro pedagogos para a DDZ 1, outros 40 para a DDZ 3, mais 36 para a DDZ 4, além de 15 para a DDZ 5 e mais 44 pedagogos para a DDZ 6.

 

Texto: João Pedro Figueiredo

Documentos relacionados

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054