Secretaria Municipal de Educação
Acessibilidade    Fale Conosco    Mapa do Site
Manaus, 25 de outubro de 2020
-->

Archive for the ‘institucional’ Category

Projeto Flash Down mobiliza quase 200 pessoas em baile dançante

segunda-feira, março 25th, 2019

Aproximadamente 200 pessoas, entre alunos, familiares e educadores, participaram do ‘Baile Flash Down: A Inclusão da Pessoa com Síndrome de Down’ promovido pela Escola Municipal de Educação Especial (Emee) André Vidal de Araújo, no Parque Dez, zona Centro-Sul. O evento, que aconteceu no Centro de Convenções Vasco Vasques, em Flores, na última sexta-feira, 22/3, teve o intuito de promover a inclusão dos estudantes com deficiência por meio da música e da dança.

A atividade marcou o encerramento da programação alusiva à semana do aluno com Síndrome de Down, promovida pela unidade de ensino.

Ao longo da programação, que iniciou no dia 18 de março, a Emee oportunizou aos alunos visitas a pontos turísticos, como o Parque Cidade da Criança, Palácio Rio de Negro; além de dia de lazer e atividades pedagógicas, que envolveram e sensibilizaram a comunidade escolar sobre a Síndrome Down.

Projeto

A ação faz parte do Projeto Flash Down, criado em 2018, com intuito de promover a inclusão da pessoa com Síndrome de Daou, por meio da música e da dança, segundo o gestor da unidade Helivan Dantas.

“A ideia do  projeto é agregar as famílias com  objetivo de integrar, de interagir  e  incluir nossos alunos em atividades diversificadas”, disse.

 

Baile

O evento contou diversas atrações e com um público estimado de  200 pessoas. Entre as atrações estavam  bandas e cantores locais, tocando ritmos de axé, forró, pagode. A atividade contou, ainda, com a participação de DJ tocando musicas dos anos  80.

O gestor da unidade frisou também que o baile superou as expectativas de toda coordenação do evento. “A atividade foi um sucesso. Tivemos muito prazer em estar finalizando a programação com o projeto Flash Down. Foi uma noite de muita alegria e que foi espalhado o cromossomo  21. Enfim,  ficamos felizes, porque atingimos nosso objetivo, que era  a socialização dos alunos com Síndrome de Down.”, disse.

Para a tecnóloga em estética e mãe da aluna Bárbara Freitas Picanço, Maria das Graças Freitas, o evento foi feito com muito carinho e bem organizado pela coordenação da atividade.

“Nota 10 para a Professora Waldelores a qual idealizou o Projeto Flash Down. Amei tudo”, salientou.

Texto: Emerson Felipe

Fotos: Divulgação/ Escola

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Técnicos do INPA visitam escola municipal para orientação sobre Circuito da Ciência

segunda-feira, março 25th, 2019

Com objetivo de preparar os alunos da rede municipal sobre as atividades socioambientais com oficinas educativas e exposições, a Prefeitura de Manaus, em parceria com o Instituto de Pesquisas da Amazônia (INPA), iniciou nesta segunda-feira, 25/3, o Projeto Circuito na Ciência. Técnicos do INPA realizaram uma visita à Escola Municipal Deputado Ulisses Guimarães, zona Norte de Manaus, para passar orientações sobre o projeto.

O Circuito da Ciência é um projeto de sensibilização ambiental e de popularização da ciência do INPA, que alia lazer e conhecimento científico. No total, serão realizadas dez edições do projeto durante o ano, com a participação de 20 unidades de ensino de todas as zonas geográficas da cidade, sendo duas unidades de ensino por edição, beneficiando cerca de 900 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

O circuito procura transformar as visitas dos estudantes em uma “aula” participativa e dinâmica. As edições ocorrem sempre nas manhãs da última sexta-feira de cada mês.

O instrutor educacional da Gerência de Tecnologia Educacional (GTE) da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Rosivaldo Moreira, disse que todas as atividades são pensadas no lado pedagógico, ou seja, em algo que o professor possa utilizar em sala de aula. Ele disse que nesse sentido, as escolas são convidadas a participar do projeto.

“Ao chegar ao local, o aluno vai se deparar com várias atividades que o INPA oferece dentro da área de ciências e em diversas outras áreas, em que o aluno vai aprender mais e trazer mais coisas para o cotidiano dele”, comentou.

De acordo com a educadora ambiental do INPA, Fernanda Bandeira, que participou da visita da orientação técnica com os alunos, é importante que todos saibam o que vão encontrar, pois as visitas iniciam na sexta-feira, 29/3, no Bosque da Ciência, bairro de Petrópolis.

“Os alunos vão passar por vários atrativos do Bosque da Ciência e vão receber informações sobre esses atrativos, além de oficinas sobre informações do conteúdo abordado em cada oficina. Os alunos podem atuar como multiplicadores do conhecimento que eles adquiriram durante a visita”, comentou.

Projeto
De acordo com o diretor da escola Ulisses Guimarães, Carlos André da Silva, 50 alunos do 6º ao 9º ano vão participar da visita, mas todos escolhidos por critérios rigorosos.

“Os alunos vão conhecer um pouco mais da biodiversidade. A visita do técnico é uma previa do que os alunos vão encontrar dentro do Bosque da Ciência. Essa é uma atividade e uma aula, mas não dentro de uma sala, mas sim em um ambiente na qual estão vivenciando tudo que tem nos livros com os professores”, comentou.

O aluno do 9º ano matutino, Rafael Feitosa do Nascimento, 14, é um dos que assistiu com atenção a visita técnica. Para ele, é importante conhecer com antecedência sobre o projeto, pois vive cercado pela floresta amazônica.

“Aprendi que a questão ambiental deve ser valorizada ainda mais em nosso convívio do dia a dia. Nós vivemos em uma região muito ligada à floresta, por isso, temos que saber no geral sobre o que vamos encontrar em nossa visita no Bosque”, citou.

Texto: Paulo Rogério / Semed
Fotos: Cleomir Santos / Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

 

Grupo de Articulação e Fortalecimento dos Conselhos Escolares da rede municipal de ensino realiza eleição dos integrantes do biênio 2019/2021

sexta-feira, março 22nd, 2019

Foram eleitos, na tarde desta sexta-feira, 22/3, os integrantes do Grupo de Articulação e Fortalecimento dos Conselhos Escolares (Gafce) para biênio 2019/2021, da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A eleição aconteceu  em assembleia realizada, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), localizado no Bairro Parque Dez Novembro, zona Centro-Sul. Pais de alunos, professores, gestores escolares e comunitários, além de  assessores pedagógicos e técnicos da Semed concorreram.

O funcionamento do Gacfe está embasado no artigo 14 da Lei de Diretrizes Básicas da Educação (LDB), Lei 9394/1996 e, ainda, pela portaria do governo federal n° 2.896/2004.  O grupo é formado por gestores, docentes, alunos, pais/responsáveis, assessores pedagógicos e comunitários.

O setor da Semed responsável pelo Gafce é a Divisão de Apoio à Gestão Escolar (Dage). Segundo a chefe da Dage, Jussara Marques, o Grupo busca  fortalecer a atuação dos conselhos escolares das unidades de ensino da rede municipal, como meio de oferecer suporte técnico para as unidades resolverem questões  administrativas, financeiras  e pedagógicas.

“O Gafce tem o intuito de proporcionar aos conselhos escolares  essa reflexão, mobilização, para que de fato os conselhos escolares sejam mais atuantes nas unidades de ensino”, enfatizou.

O  coordenador geral do Grupo Articulador na Semed, Luiz Carlos Albuquerque, salientou que a assembleia teve a intenção de propor um momento de reflexão sobre a importância do conselho escolar como órgão colegiado. Luiz complementou que o grupo se reúne, no mínimo, uma vez por mês para discutir assuntos pertinentes e relacionados ao bom desempenho dos conselhos escolares.

“O Gafce é um grupo atuante que se reúne mensalmente com um cronograma de reunião preestabelecido para cada semestre, com a finalidade de discutir  encaminhamentos e destacar o papel de cada membro do grupo”, disse.

Durante a atividade, foram criados grupos por segmento  de reflexão. Na oportunidade, foi abordada a importância dos conselhos escolares, a atuação do Gafce e escolhidos os  membros  do próximo biênio.

O comunitário, Joy Luiz Neves, membro do conselho da escolar da Escola Municipal  Sara Barroso, no Santa Etelvina, zona Norte, e do Grupo de Articulação explicou que o Gafce ajudou as unidades de ensino a conduzir melhor seus conselhos escolares.

“Quando não tinha o Gafce, os membros dos conselhos escolares ficavam perdidos muitas vezes. Ninguém sabia exatamente como atuar, como agir.  Por isso, acredito que o  Gafce é muito importante para as escolas, para os conselhos escolares”, frisou.

 

Texto: Emerson Felipe

Fotos: Cleomir Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054

Conheça o Projovem Urbano

sexta-feira, abril 27th, 2018

A educação transforma! Saiba mais sobre o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano). O programa é destinado aos alunos que não tiveram a chance de concluir o Ensino Fundamental em algum momento de sua vida escolar.

Plano de Revitalização Escolar

sexta-feira, abril 27th, 2018

Você sabia? Em aproximadamente 15 dias de trabalho, a Escola Municipal Themístocles Pinheiro Gadelha, no bairro Jorge Teixeira, passou por uma revitalização com pintura, recuperação de toda parte hidráulica e elétrica e outros. A unidade foi reaberta à comunidade no sábado, 14/4, durante mais uma ação itinerante “Prefeitura + Presente” da Prefeitura de Manaus. Todo o trabalho faz parte do Programa de Revitalização Escolar desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), a partir de uma determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto.

Dica ao servidor: Concessão de benefícios

sexta-feira, abril 27th, 2018

Olá, servidor! Hoje começamos uma série de vídeos que trazem dicas para você sobre benefícios, direitos e como solicitar o que te interessa! Gostou? Então continue nos acompanhando, que semanalmente traremos uma nova dica para você!

Bem-vindo à SEMED.

terça-feira, outubro 19th, 2010

A Semed gerencia a área educacional do município, nos níveis de Educação Infantil e Ensino Fundamental, executando todas as etapas da Política Municipal de Educação. Planeja, coordena, controla e executa atividades que garantem os recursos, métodos e profissionais necessários para a prestação de serviços educacionais de qualidade aos cidadãos.