29/08/18 | 9:33
Boas práticas em manipulação de alimentos é tema de curso oferecido a profissionais que atuam na rede

Até o dia 2 de setembro, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Coordenadoria de Treinamento da Divisão de Pessoal da  rede municipal de ensino, em parceria com a Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), realiza o curso “Boas Práticas de Manipulação de Alimentos”, destinado a 60 manipuladores de alimentos das unidades de ensino das zonas Sul e Centro-Sul da cidade. O curso será  ministrado pelo professor Mestre em Engenharia de Produtos Industrializados, Fernando Matos.

“O curso tem o objetivo de capacitar os manipuladores para que a qualidade da merenda escolar perpasse  pela boa cocção,  armazenamento e  higiene dos alimentos  para evitar qualquer tipo de contaminação na merenda escolar e risco à saúde dos alunos atendidos pela rede”, explicou a agente de Recursos Humanos da Espi, na Semed, Ray Câmara.

Em 2018, a Semed já ofereceu o curso há 200 manipuladores de alimentos, divididos em três turmas de alunos. A primeira foi aberta a manipuladores de todas as Divisões Distritais Zonais (DDZs) da Semed, a segunda turma foi destinada ao público em geral e a terceira voltada a manipuladores da DDZ Sul.

“O curso é importante para todas as pessoas que trabalham com alimento, independente da área que for atuar, seja na cozinha industrial ou até mesmo na sua  residência. Por isso, essa capacitação é de extrema importância para atuação profissional e pessoal”, destacou o professor Fernando Matos,  durante o segundo dia da capacitação.

Durante curso, serão abordados entre outros assuntos as formas que acontecem a contaminação de alimentos, como evitar essa contaminação, a contribuição dos alimentos para manter uma vida saudável; sobre horta doméstica, aproveitamento de alimentos, boas práticas de higiene no local de trabalho e preparo de alimentos.

Para Maria Solange Cimas, manipuladora da Escola Municipal Graziela Ribeiro,  a capacitação, além trazer conhecimento, valoriza os terceirizados que prestam serviços à secretaria.

“Vejo que o curso tem duas finalidades: de aperfeiçoar  o conhecimento das manipuladoras e de valorizar o esforço e dedicação desses profissionais”, destacou Maria .

Outra participante do curso  foi Cristiane Paes Amaral, manipuladora de alimentos da Casa da Criança, instituição filantrópica conveniada com a Semed. De acordo com a profissional, o curso será uma reciclagem e trará oportunidade de melhorar seu fazer.

“É bom sempre rever o que sabemos, fazendo cursos e reciclagens. Isso reforçar o que sabemos e nos torna profissionais melhores”, disse.

 

Texto e fotos: Emerson Felipe

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054