14/07/16 | 13:51
Beneficiários do Bolsa Universidade ajudarão na aplicação da Avaliação de Desempenho do Estudante

Avaliação de Desempenho do Estudante - abril 2016 (4)Aproximadamente 550 beneficiários do Programa Bolsa Universidade (PBU), da Prefeitura de Manaus, ajudarão na aplicação da Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE), que mede a qualidade do processo de ensino e aprendizagem dos alunos da rede pública municipal.

A atuação dos universitários no processo coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) servirá como atividade de contrapartida ao benefício da bolsa recebido pelos estudantes por meio da Escola de Serviço público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), órgão que gere o PBU.

A aplicação, marcada para a próxima terça-feira, 19, envolverá cerca de 80 mil alunos de escolas municipais que atendem o 3°, 4°, 6º e 8º anos do Ensino Fundamental, além da quarta fase da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Esta é a segunda ADE de três que serão aplicadas ao longo do ano letivo de 2016.

A chefe da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM) da Semed, Núbia Breves, informa que os universitários atuarão na aplicação da prova do 3º ano e acompanharão a leitura das perguntas e transcrição das questões assinaladas no cartão resposta. “A atuação dos bolsistas melhorou o trabalho, minimizou erros e danificação dos cartões de respostas e deu transparência ao processo”, ressaltou.

Avaliação de Desempenho do Estudante - abril 2016 (2)A diretora-geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, afirma que a atuação dos bolsistas nas atividades de contrapartida equivale a uma experiência de mercado. “A contrapartida que os estudantes prestam ao município é importante porque exige noções de responsabilidade e compromisso, fatores importantes no mercado de trabalho”, avaliou.

A estudante do 6º período de jornalismo, Jeyce Moraes, que participará da aplicação da ADE pela segunda vez, considera importante a atuação na contrapartida. “É uma maneira que tenho de ajudar as crianças. Além disso, tem as horas complementares que recebo. É um trabalho legal. Esse benefício me ajuda e nada mais justo do que eu retribuir”, disse a beneficiária de 50% de bolsa.
Questionário

Ao final da aplicação da prova, os universitários respondem um questionário avaliando a atividade. As informações são encaminhadas às Divisões Distritais Zonais (DDZs) da Semed, para que as intervenções necessárias sejam realizadas.

“Eles respondem um questionário online informando os entreves encontrados e atuamos no problema. Encaminhamos para as DDZs explicando o que aconteceu em cada escola, sendo positivo ou negativo, e cada área atua diretamente com o diretor para resolver a questão na próxima Avaliação”, finalizou Breves.
Texto: Thiago Botelho

Fotos: Cleomir Santos/Semed (reunião) e Lton Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054