01/12/14 | 12:05
Banda da Escola Municipal Eliana Lúcia Monteiro da Silva vence festival de bandas e fanfarras

A banda Vila da Barra da Escola Municipal Eliana Lúcia Monteiro da Silva, localizada no bairro Santo Agostinho, zona Oeste, foi a campeã do 4º Festival de Bandas e Fanfarras do Sesc e do Campeonato Amazonense de Fanfarra 2014, o evento único para as duas competições aconteceu no sábado, 30, no clube do Serviço Social do Comércio (Sesc/AM), no Campos Elíseos, zona Oeste.

O festival foi disputado por 15 bandas divididas nas categorias Banda de Percussão, Fanfarra Simples e Banda Marcial. Participaram alunos de escolas municipais e estaduais, além de alunos do Sesc, como instituição particular. O evento, que segundo a coordenação teve media de 3 mil espectadores durante sua realização, contou ainda com a participação da Escola Municipal Maria dos Prazeres, de Boa Vista.

De acordo com o coordenador da escola que foi primeira colocada na classificação geral, Francinei Cabral, a escola foi representada por 80 alunos, que disputaram nas categorias Banda de Percussão e Banda Marcial e faturaram, ainda, o primeiro lugar nas modalidades de Regente, Baliza, Linha de Frente e Corpo Coreográfico.

A segunda escola municipal com a banda que ficou mais bem colocada na classificação geral foi a Escola Municipal Vicente de Paula, localizada no bairro Japiim, Zona Sul. A banda Vicente de Paula foi a 3ª colocada na classificação geral. Ao todo, como informou o coordenador da escola, Rayner Colares, a banda contou com 53 alunos, que ficaram, também, com o terceiro lugar da categoria Banda Marcial.

Festival

O Festival de Fanfarras do Sesc acontece anualmente, tem a parceria da Federação Amazonense de Bandas e Fanfarras (Fambaf) e faz referencia à Semana Cultural das Bandas e Fanfarras de Manaus, comemorada na última semana de novembro. O objetivo do festival, segundo os coordenadores, é estimular a criação de bandas e fanfarras, promover intercâmbio entre integrantes das corporações musicais, além de desenvolver habilidades, valores e atitudes nos componentes e desenvolver o civismo.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo