01/10/13 | 9:17
Aulão com Ronaldo Jacaré, na tarde desta segunda-feira (30), fez a festa de mais de 200 crianças na Zona Norte

Um dos primeiros a “rolar” e “finalizar” o capixaba radicado em Manaus foi Cauã Ney Oliveira. No “auge” dos seus quatro anos, o pequeno mostrou desenvoltura e aproveitou para pegar autógrafo e tirar uma foto com o ídolo.

Quem não gostaria de ter uma aula com um dos principais lutadores da atualidade? Pois na tarde desta segunda-feira (30), uma média de 200 crianças do Projeto Aprender, Conviver e Lutar, da Secretaria Municipal de Educação (Semed),  tiveram a oportunidade de dividir o tatame com o peso médio do Ultimate Fighting Championship (UFC), Ronaldo Jacaré, e fizeram uma verdadeira festa na Escola Municipal Raimundo Teodoro Botinelly (Cidade Nova).

“É uma alegria muito grande poder estar com essas crianças e isso não tem preço. Hoje tentei passar o meu melhor para elas, pois se eu tivesse participado de um projeto como este na minha infância, tudo teria sido mais fácil”, comentou Jaca, que foi aplaudido e cercado pelos fãs mirins de quatro a 12 anos de idade.

Um dos primeiros a “rolar” e “finalizar” o capixaba radicado em Manaus foi Cauã Ney Oliveira. No “auge” dos seus quatro anos, o pequeno mostrou desenvoltura e aproveitou para pegar autógrafo e tirar uma foto com o ídolo.

“Adorei ter visto ele hoje aqui. Ele é muito legal e disse para eu finalizá-lo. Sou forte”, disparou Cauã, que é faixa branca e há oito meses pratica Jiu-Jítsu. Mesmo com pouco tempo de carreira, o menino já ostenta três medalhas de ouro, uma de bronze e um troféu.

“Sou o atual campeão amazonense”, ressalta. Para o titular da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Fabrício Lima, a participação de Jacaré no Projeto representou um momento para ser guardado para a vida toda pelas crianças. “Tenho certeza que todos vão guardar este momento com carinho, é só olhar para a carinha deles e perceber como estão felizes de ter o Jacaré aqui. Isso para eles é um incentivo enorme e o maior exemplo de superação que a gente poderia dar. Agradeço ao Jaca pela oportunidade ao secretário Pauderney Avelino pela parceria”, comentou Lima.

O Projeto

O Projeto Aprender, Conviver e Lutar, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), começou a ser colocado em prática pela entidade desde maio deste ano e atualmente atende três escolas municipais, uma na Zona Norte, outra na Zona Leste e na Zona Sul. A quarta escola beneficiada será a Raimundo Teodoro Botinelly, na Cidade Nova.

Lá o Projeto vai iniciar na próxima semana. A intenção da Secretaria é atender sete escolas até o final de 2013. “Todos os professores deste projeto são formados em Educação Física e tem conhecimento técnico em luta. A nossa missão é formar mais que lutadores, mas também cidadãos”, disse o coordenador do Projeto, Ronie Melo.

Assessoria de comunicação da Semjel