07/04/16 | 13:35
Audiência pública discute Educação Especial na rede municipal de ensino

06-04-16 Audiencia Publica do Conselho Mul. de Educação - Fotos Rodemarques abreu (10)Procedimentos e orientações para a Educação Especial foram discutidos na manhã desta quinta-feira, 7, durante a primeira audiência pública promovida pelo Conselho Municipal de Educação (CME) para tratar o tema na perspectiva da Educação Inclusiva. O encontro, que reuniu diversas instituições públicas, aconteceu no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), localizado no conjunto Vila Amazonas, zona Centro-Sul.

O objetivo foi discutir a minuta que altera a Resolução nº 010/CME/2011 junto com os órgãos competentes que trabalham com o público da educação especial e com a sociedade civil. Foram apresentadas as propostas que já haviam sido feitas para compor a nova resolução que deve atender todo o sistema municipal de ensino público e privado, como destacou a presidente do CME, Maria das Graças Alves Cascais.

“Trazemos esse tema tão complexo e importante para quem trabalha com esse público-alvo para emitir uma resolução que atenda as demandas desses alunos. Reunimos pessoas que podem contribuir e vamos tirar uma proposta final para a resolução”, destacou.

Para a gerente da Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Reni Formiga, a audiência pública é importante para que as orientações tenham um regulamento a ser cumprido.06-04-16 Audiencia Publica do Conselho Mul. de Educação - Fotos Rodemarques abreu (4)

“O CME nos chamou para diversas reuniões para debatermos juntos esse tema e nos explicaram que a resolução se tornaria também para as escolas privadas, que oferecem a educação especial. Para nós, isso é muito mais confortável, pois ficamos mais respaldados e nos traz certa tranquilidade com relação a determinação e com as orientações de como atender o público-alvo e dos direitos que serão cumpridos em toda as escolas de Manaus, tanto pública quanto privada”, relatou.

Além da sociedade civil organizada, a audiência pública contou com a participação de representantes do Ministério Público do Estado Amazonas (MPE-AM), da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Secretaria do Estado dos Direitos da Pessoa com deficiência (Seped), Instituto Fillippo Smaldone, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), entre outros, que contribuem para o desenvolvimento da inclusão de alunos com deficiência no ensino regular da educação.

Texto: João Pedro Figueiredo

Fotos: Rodemarques Abreu/Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054