04/04/14 | 17:58
Apresentações culturais e palestra marcam o encerramento da Semana do Autismo

A palestra “Transtorno do Espectro do Autismo com Ênfase no Processo Educacional”, ministrada por Livia Vianez, especialista em Neuropediatria pela Universidade de São Paulo (USP), de Ribeirão Preto, marcou o encerramento da Semana de Conscientização do Transtorno do Espectro do Autismo em Manaus. Durante o evento, um aluno, do Complexo Municipal de Educação Especial André Vidal de Araújo, se apresentou tocando flauta doce.

O evento foi realizado na tarde desta sexta-feira (4), no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e contou com a participação de professores, profissionais e técnicos educacionais que trabalham com alunos autistas incluídos na rede municipal de ensino.

Atualmente, a Semed atende 248 estudantes autistas nas unidades de ensino, em classes especiais e no ensino regular, em todas as zonas geográficas da cidade. A programação do evento contou com apresentação de flauta do aluno da Semed Marlyson Soares, 15, que se apresentou ao lado do pai dele, Gentile Vieira, que é músico. Gentile toca violão e disse antes da música, Marlyson era inquieto e agitado. O evento também contou com a apresentação de adolescentes atendidos pela Associação de Amigos do Autista (AMA).

Palestra

A gerente de educação especial da Semed, Reni Formiga, disse que o encontro com os educadores é a chance de que todos têm para socializar as informações da área e outras informações no desenvolvimento dentro da rede de ensino.

“A palestra foi de grande relevância, porque serviu para desmistificar a questão do autismo. Os educadores vão adquirir mais conhecimentos para tornar a vida desse público o mais normal possível, dentro da área pedagógica”, explicou.

Segundo a palestrante Livia Vianez, o tema abordado serviu para passar algumas informações importantes e dicas de como lidar com os autistas em sala de aula. “Falei sobre os aspectos gerais, desde conceito, diagnóstico, tipos de tratamento, mas com ênfase no processo pedagógico. Passei aos professores e pedagogos sobre como lidar com os pacientes do espectro autista. Espero com isso, ajudar na inclusão social e escolar dessa clientela”, disse.

Trabalhando com 15 crianças autistas, a psicóloga e mestre em neuropsicologia do Complexo Municipal de Educação Especial, André Vidal de Araújo, Lidinalva Fernandes Príncipe Balbi, foi uma das pessoas que assistiu com atenção a palestra. Para ela, qualquer informação é importante para o educador da área.

“Tudo que vem a acrescentar em termos de informações a respeito desse assunto para os professores é de fundamental importância, tanto para nós educadores, especialistas, pois é valoroso de como lidar com cada situação. Nosso trabalho é um desafio, porque precisamos conhecer a história de vida, o comportamento, o processo de aprendizagem, como lidar com os autistas em sala de aula, como ajudar nossos professores a trabalhar no processo de escolarização”, conta.

O Dia Mundial da Conscientização do Autismo é celebrado no dia 2 de abril. Em Manaus, a programação realizada pela Semed e Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), em parceria com a AMA, começou no dia 1º deste mês com a realização de passeios, atividades recreativas e missa. No dia 12, será realizada uma feijoada beneficente no Clube Municipal, a partir das 12h.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Rodemarques Abreu

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação: 3632-2054